Gastando para economizar…

   Aposto que já ouviu a frase “o barato pode sair caro”, em outras palavras muitas vezes tentar fazer economia pode acabar fazendo você perder dinheiro no final das contas. Mas já pensou que as vezes gastar dinheiro acaba gerando mais dinheiro? Cito como exemplo o caso da assinatura “Red” do YouTube, aquela assinatura que entre outras funcionalidades acaba com as malditas propagandas que interrompem os vídeos que estamos assistindo. Mas como assinar o YouTube Red poderia economizar algum dinheiro uma vez que o conteúdo já é gratuito?






   Antes de mais nada é preciso ter consciência de que nada na internet (a não ser o meu blog!rs) é gratuito, ou você paga por um produto ou então você é o produto. No caso do YouTube não resta a menor dúvida de que você é o produto, cada vez mais bombardeado por propagandas meticulosamente escolhidas com base no seu histórico de navegação e com o único objetivo de induzir a gastar o seu suado dinheirinho com coisas que nem imaginou um dia que “precisasse” para viver.


   O ser humano assim como qualquer outro organismo vivo reage a praticamente qualquer estímulo recebido, porém a grande diferença é que temos a possibilidade de usarmos nossa razão para filtrar tais estímulos. Ao contrário de um cachorro que ao ser agredido imediatamente se defende atacando seu agressor, nós humanos conseguimos rapidamente avaliar uma agressão e em milésimos de segundos decidir se reagir com mais agressão será benéfico ou não para a situação. Quando estamos de dieta e a fome aparece reagimos a esse estímulo de forma mais racional escolhendo alimentos menos calóricos para atenuar a fome, pelo menos assim deveria ser.


   Voltando ao YouTube Red, ao sermos bombardeados por propagandas temos a opção de não reagir imediatamente à aquela bela propaganda da Apple mostrando o novo iPhone X e parar para refletir se realmente é bom negócio gastar uma fortuna em um novo smartphone ou se vale mais a pena investir aquela grana em um Fundo Imobiliário por exemplo. Mas não se engane meu caro leitor, para resistir à industria da propagando não é fácil, os estímulos estão cada vez mais personalizados e os algoritmos utilizados para nos fisgar ficam mais sofisticados a cada clique seu. Por isso disciplina e força de vontade são fundamentais no caminho em busca da IF, se fomos sucumbir a cada tentação on-line não vai sobrar um tostão no final do mês.


   Mas SrIF365 e se eu não tiver força de vontade? Aí que entra o caso do YouTube Red, se você é do tipo de pessoa não controla bem os seus impulsos e tem pouca disciplina quando assiste um comercial o ideal seria atacar o problema de outra forma, removendo o estímulo! Uma vez que o estímulo não existe a sua vontade de gastar automaticamente desaparece. Se você paga pelo serviço do YouTube e os anúncios são removidos provavelmente vai deixar de receber as dezenas ou centenas de estímulos para gastar dinheiro e pode ser que no final das contas acabou na verdade economizando ao gastar.


   De forma alguma estou recomendando o serviço do YouTube Red, eu mesmo não sou assinante, porém é um bom exemplo de um gasto que pode sim trazer economia. Outra coisa que se beneficia muito com a retirada de estímulos é não ter “porcarias” em casa para comer, quando bate aquela fome não pensamos duas vezes e acabamos comendo a primeira coisa que aparece pela frente, se tudo que você tem em casa são frutas, iogurtes e produtos naturais ao invés de um saco de Doritos o que você acha que irá “cair no seu estômago” naquela tarde chuvosa?


   O caminho rumo à IF e aposentadoria antecipada é cheio de tentações, cabe a nós evita-las para tornar a jornada menos difícil. Se você continuar a frequentar sites de compras on-line pode ter certeza de que vai gastar dinheiro que talvez não tenha, comprando coisas que não precisa para impressionar pessoas que não gosta.


SrIF365