Experimentando o gostinho da IF...

   Na próxima semana começo uma pesquisa de campo importante rumo à IF, vou conhecer a futura região onde pretendo morar depois que deixar meu emprego. Já estive outras vezes em Bali (Indonésia) tanto de férias como a trabalho, porém dessa vez será com um objetivo completamente diferente, lógico que pretendo relaxar e tomar fôlego para encarar esse pouco mais de um ano de trabalho escravo que tenho pela frente, porém já me preparei para fazer uma pesquisa sobre a região da ilha que pretendo me estabelecer. Ao invés de ficar em hotel aluguei um apartamento no AirBnB bem no bairro que desejo morar, Canggu.







   Canggu é uma pequena faixa de terra que desemboca na praia, não é tão isolada como outras partes da ilha mas também não fica lotada de gente na alta temporada. Não conheço o lugar pessoalmente e esse é meu principal objetivo para a próxima semana, mas pelo que já pesquisei a conexão com a internet é boa (esse é o ponto principal!rs), preços acessíveis e próximo ao maior centro urbano de Bali. Para quem já leu meu artigo “Diminua seu custo de vida morando no exterior…” sabe que meu maior objetivo ao me mudar para a Indonésia é tirar proveito do baixo custo de vida aliado à alta qualidade de vida que a região oferece, e assim fazer a transição do trabalho para IF ao mesmo tempo que recupero a saúde perdida nessas mais de duas décadas exercendo um das atividades mais estressantes que uma pessoa pode ter.







  Durante minha estadia de pouco mais de uma semana em Bali pretendo viver um pouco do que imagino como será minha vida quando atingir a IF, acordando cedo, me alimentando de frutas e produtos naturais que são fartos na região, me exercitando na praia duas vezes por dia (logo cedo e ao final da tarde), massagem terapia a preços acessíveis e cuidando dos afazeres da vida sem pressa (indo a pé ou de bicicleta aos lugares mais próximos). Porém também reservei tempo para fazer algumas pesquisas tais como, anotar preços no supermercado, ir até algumas imobiliárias para ter uma noção melhor do aluguel praticado na região, ir ao banco para descobrir como abrir conta sendo estrangeiro e pesquisar como ter um plano de saúde. Não será exatamente uma viagem de “férias” mas praticamente uma curta experiência da nova vida que pretendo levar.

   Gostou da ideia de morar fora? Quando retornar volto com um post mais detalhado do local e minhas impressões sobre como um brasileiro se adaptaria à uma vida mais modesta nesse pedaço de terra do outro lado do mundo!

Sr IF365

Comentários