Independência Financeira é impossível…

   Leio muitos blogs e também participo de muitos fóruns sobre independência financeira e cheguei a conclusão que ela é impossível de ser atingida, toda vez que alguém posta os próprios planos de IF a comunidade FIRE começa a apontar todos os “furos” que irão afundar o barco. Os argumentos para o plano não dar certo são sempre os mais variados, falta de diversificação, excesso de diversificação, falta de risco, excesso de risco, hiper inflação, calote do governo, falência das empresas listadas na bolsa, ataque nuclear da Coréia do Norte ao Brasil que irá destruir todos os imóveis que compõem a carteira de FIIs, etc… Tentamos proteger nossos investimentos de tantas variáveis e riscos que o caminho trilhado até a independência  financeira se torna árduo, estressante e as até vezes impossível.






   Devido a minha mudança de estratégia tenho dormido muito mal nas últimas noite, fico me perguntando se não fiz besteira e irei eu mesmo afundar meu próprio barco, para piorar quanto mais leio blogs ou sites especializados mais encho a minha cabeça de pensamentos negativos e incertezas a respeito da IF. Sinto que não deveria ser assim, 3kk de patrimônio deveria ser suficiente para colocar a cabeça no travesseiro e dormir como um “bebê”! Porém quanto mais se tem mais se pode perder, se eu não tivesse nada a perder não teria preocupações, mas o simples fato de pensar em perder 22 anos de trabalho suado por causa de uma “manobra” financeira errada é sim de tirar o sono.

   Voltando aos blogs, as vezes me dá uma inveja danada da comunidade FIRE estrangeira são todos tão positivos, com planos traçados e sempre um reafirmando ao outro que tudo dará certo. E pior, a maioria dos que ja vivem independência financeira lá fora fazem de forma muito simples, ou investem em imóveis para alugar ou tem todo o patrimônio aplicado em fundo de índice (ETF) da bolsa americana. Acreditam piamente na regra dos 4% e vivem a IF de forma tranquila, tendo como plano B somente o ajuste de gastos conforme necessário. Agora experimente você postar um desses planos em qualquer fórum brasileiro, irá chover mensagens dizendo que a regra dos 4% não se aplica ao Brasil, imóveis para alugar não lhe trarão renda e aplicar no índice Bovespa perde até do CDI. Em outras palavras, não vai dar certo é impossível!

   Acredito que parte dessa negatividade e medo sejam frutos da nossa economia instável, moeda fraca e políticas governamentais que mais atrapalham o povo doque ajudam. Mas também sinto que grande parte vem da nosso cultura de simplesmente “jogar areia” nos planos alheios, riscos sempre irão existir mas não precisam ser exagerados só para provar que o plano vai dar errado. Esquecem que o sucesso da IF depende principalmente da capacidade da pessoa se adaptar às novas circunstâncias e fazer ajustes conforme necessário. Por exemplo, tenho planos de morar fora depois da IF e corro o risco cambial caso o Real venha a se desvalorizar ao longo dos anos, obviamente ao perceber isso vou começar a reduzir gastos, procurar algum lugar mais barato para viver ou mesmo voltar ao Brasil, simples assim.

   É esse tipo de coisa que eu gostaria de ler mais nos fóruns e blogs brasileiros, alternativas positivas que impulsionem a pessoa rumo a IF e não que simplesmente desencorajem alguém a prosseguir nesse caminho. Claro que uma dose de gerenciamento de riscos sempre é bem-vinda, mas acho que na maioria das vezes exageramos nessa dose ao opinar na IF alheia. Muitas vezes a pessoa já definiu sua estratégia de IF e acaba postando como forma de conseguir validação e encorajamento, porém o resultado é sempre o mesmo aparece um monte de gente com um balde de água fria para provar que o plano não vai dar certo e pior, não parecem com soluções viáveis para o problema proposto. Dizer que preciso juntar mais 5 milhões é fácil, quero ver propor um plano factível de ser realizado com 3 milhões que é a minha realidade hoje.
 
   Mas como diz o título “Independência Financeira é impossível…”, pode até ser mas vou conseguir ou morrer tentando.

Sr. IF365

Comentários