Abril/2018: R$3.127.801,55 (+1,20%) | Renda Passiva R$9.072,53 Atualizado: 2 de Jul de 2018

RESUMO

Patrimônio: R$3.127.801,55
Renda passiva (Cupons*+Dividendos Ações e FIIs): R$9.072,53
Renda Ativa: R$52.977,00
Gastos: R$7.524,00
Aportes: R$43.374,4
Dívidas: R$0,00

*O valor total líquido dos cupons é dividido por 6 e contabilizado mensalmente como renda passiva para aquele respectivo mês.







PATRIMÔNIO REAL

   Patrimônio real continua subindo graças a valorização dos FIIs, disparada do dólar e aportes. Acho que a não ser que o mercado desabe assegurei a marca do 3 milhões, no momento distribuídos da seguinte formar:

Ações - R$225.349,00
FIIs - R$1.497.000,00
Tesouro 2050 - R$366.838,07
Reserva em Dólares* - R$239.741,85
Imóvel** - R$750.000,00
Outros - R$48.872,62

*Reserva em dólares representa o quanto eu tenho investido no plano de aposentadoria que receberei ao deixar meu atual emprego.
**Valor mínimo que aceito vender meu imóvel descontado pagamento de impostos.







   Apesar do desbalanceamento atual da carteira como podemos ver no gráfico acima, continuo fazendo aporte exclusivamente em FIIs buscando atingir meu objetivo de chegar em Maio de 2019 com 75% em FIIs, 10% em ações, 10% no TD2050 e 5% em moeda estrangeira.




RENDA PASSIVA

   Esse é o primeiro mês que a renda passiva refletiu minha nova estratégia, a queda vertiginosa comparada ao mês anterior aconteceu por causa do pagamento dos dividendos das ações do Itaú no mês passado, infelizmente não dá para contar com esse tipo de rendimento todo mês. Os FIIs pagaram R$7.791,48, que somados aos cupons R$1.235,00 e a mixaria dos dividendos das ações R$46,05 ficou um total de R$9.072,53.

   Para quem leu meu artigo sobre o orçamento que fiz para a independência financeira pode notar que minha renda passiva mesmo sem vender a casa e receber meu bônus de final de contrato (juntos somam praticamente 1 milhão reais) superou as estimativas de gastos básicos e ainda sobrariam R$2.582,00 para reinvestir ou gastar com supérfluos. Mesmo assim o objetivo é continuar trabalhando até Maio de 2019 para garantir uma certa folga no orçamento. Mas que dá vontade de largar tudo hoje e aplicar meu bônus de fim de contrato em FIIs e ir morar no meu imóvel parado enquanto não consigo vendê-lo, isso dá vontade mesmo…







GASTOS

   Os gastos subiram devido à renovação do seguro do carro, ficou em R$1.844,00 (o carro está avaliado em R$70 mil).  Esse mês também tive a visita dos meus pais, eles me ajudaram em grande parte dos gastos mas quis fazer uma média com eles e acabei arcando com alguns passeios, jantares e compras de supermercado. Mês que vem tenho o aniversário da minha sobrinha e não vou escapar de “morrer” em mais uma viagem internacional (aqui no deserto todas as viagens acabam sendo internacionais).  Os gastos do mês ficaram em R$7.524,00.

Os três maiores vilões do mês foram:
Carro R$1.844,00
Imóvel (Condomínio+IPTU) R$909,00
Supermercado R$789,00





APORTES DO MÊS

   Essa é a mais nova categoria no fechamento mensal, em abril fiz os seguintes aportes:

FIIs:
HGBS  (+) R$ 16.439,50
HGLG  (+) R$9.657,34
RNGO (+) R$9.212,00
SDIL.   (+) R$ 2.012,20
VRTA  (+) R$ 6.053,40

TOTAL (=) R$43.374,44



PROJEÇÃO Maio/2019

   Sem novidades na projeção, continuo tendo como patrimônio alvo em Maio de 2019 pouco menos de R$3,8 milhões.  A renda passiva bruta projetada caso eu venda a casa e aplique conforme meu planejamento é de R$21.125,18 e sem conseguir vender a casa será de R$16.856,88, isso tudo se os FIIs continuarem a pagar dividendos na casa do 0,5% a 0,6% ao mês.











Sr. IF365

Comentários