Março/2018: R$3.090.615,32 (+3,27%) | Renda Passiva R$15.053,28

   RESUMO Março/2018

Patrimônio: R$3.090.615,32
Renda passiva (Cupons*+Dividendos Ações e FIIs): R$15.053,28
Renda Ativa: R$53.352,11
Gastos: R$9.440,71
Dívidas: R$0,00

   *O valor total liquido dos cupons é dividido por 6 e contabilizado mensalmente como renda passiva para aquele respectivo mês.




PATRIMÔNIO REAL

   Mês extremamente agitado financeiramente, pela primeira vez na vida meu patrimônio superou 3 milhões de Reais! Motivo para comemorar sim porém o destaque ficou por conta da mudança de estratégia repentina onde decidi alicerçar minha IF em FIIs ao invés de no Tesouro Direto. Caso não tenha lido como e porque fiz a mudança leia AQUI.

  Como previsto os gastos dispararam este mês por causa das férias/prospeção que estou fazendo em Bali, lugar que pretendo me mudar já no ano que vem assim que pedir as contas no emprego, na verdade escrevo esse fechamento de mês ainda aqui na ilha. Para piorar tive gasto imprevisto (meu óculos quebrou) e daqui em diante começo a pagar as parcelas do IPTU da casa que continua vazia.

   Mesmo com os gastos elevados o patrimônio subiu acima do previsto graças ao pagamento dos dividendos das ações do Itaú e um aumento de salário que recebi pela nova função estressante que assumi no trabalho (pouco mais de R$3.000,00) que irão ajudar na conquista da IF, porém esse aumento está me cobrando um preço elevado por causa do stress adicional que a nova atividade impõe. Sinceramente não vale à pena essa grana extra mas agora é tarde para voltar atrás.

   Devido a mudança de estratégia acabei ficando com “somente” R$376.496,36 em títulos do Tesouro, por isso de agora em diante a marcação de mercado irá influenciar pouco no meu patrimônio, deixando as projeções mais precisas e estáveis.

 






 

RENDA PASSIVA

  Este será o último mês que a renda passiva irá refletir minha antiga estratégia, a partir do próximo mês já receberei os “aluguéis” de todos os FIIs em que aplique os recursos resgatados do Tesouro Direto, mesmo assim a renda subiu consideravelmente ficando em R$15.053,28 (só de dividendos do Itaú foram R$7.044,03). No próximo mês espero que ela estabilize e reflita a minha nova estratégia de investimentos tendo FIIs como pilar principal.
 






GASTOS

Os gastos para esse mês simplesmente dobraram, destaque "negativo" para as férias (R$5.383) e o IPTU+condomínio (R$943), já cortei uma das férias desse ano justamente por saber como custa caro ir viajar mas pelo visto enquanto eu não me livrar dessa casa meu orçamento irá continuar sofrendo.

   Essas férias tiveram um gostinho especial pois deu para estudar bastante a região de Bali na qual pretendo morar, escrevi um pouco sobre a minha experiência inicial no post anterior mas farei uma descrição mais detalhada na parte II do meu relato, então considero que foi um dinheiro bem gasto.




 

PROJEÇÃO Maio/2019

   Apesar da mudança de estratégia a projeção patrimonial será pouco afetada, os recursos em forma de dividendos continuarão a serem reaplicado e possivelmente o valor estimado para Maio/2019 suba mais um pouco, porem à não ser q aconteça algo de muito extraordinário provavelmente irei me aposentar com um patrimônio final de aproximadamente R$3.700.000,00 e distribuído conforme gráfico abaixo:











   Abril já começou e estou ansioso para ver como vai ficar a renda passiva para este mês, não será maior doque a obtida em Março pois os dividendos pagos pelo ITAÚ são esporádicos, motivo pelo qual não considero viver de ações pagadoras de dividendos, prefiro a regularidade dos FIIs.


Sr. IF365

Comentários