Junho/2018: R$ 3.009.912,42 (-1,55%) | Renda Passiva R$9.800,14

RESUMO

Patrimônio: R$ 3.009.912,42
Renda passiva (Cupons*+Dividendos Ações e FIIs): R$9.800,14
Renda Ativa: R$ 57.393,23
Gastos: R$ 5.761,95
Aportes: R$ 52.073,16
Dívidas: R$ 0,00

*O valor total líquido dos cupons é dividido por 6 e contabilizado mensalmente como renda passiva para aquele respectivo mês.






PATRIMÔNIO REAL

   Mais um mês de queda no patrimônio, na verdade essa é a primeira vez desde que comecei a fazer o acompanhamento que o patrimônio recua dois meses seguidos, logicamente já tinha acontecido do mercado cair por alguns meses seguidos porém meus aportes sempre foram suficientes para cobrir esse “prejuízo”. Durante o mês de junho a variação patrimonial ficou oscilando acima e abaixo da barreira psicológica dos 3 milhões porém ainda consegui ficar com a “cabeça fora d’agua” e fechar em R$ 3.009.912,42.

Meu portfólio continua dividido em:

Ações - R$ 185.109,40
FIIs - R$ 1.415.366,86
Tesouro 2050 - R$ 343.012,71
Reserva em Dólares - R$ 314.445,82
Imóvel - R$ 750.000,00
Outros - R$ 1.977,63

TOTAL - R$3.009.912,42






RENDA PASSIVA

   A renda passiva desse mês foi a que considero normal para os investimentos que tenho no momento, praticamente não recebi dividendos das ações (só a mixaria dos pagamentos mensais das ITUB4) e por isso a base continua sendo cupons do Tesouro Direto e FIIs. Mesmo com a queda no mercado de renda variável os dividendos dos FIIs mostram seu vigor e continua subindo conforme faço novos aportes. Somando tudo recebi um total em renda passiva de R$9.800,14. 










GASTOS

   Tudo sob controle com relação aos gastos, foi um mês de certa forma econômico sem viagens ou supérfluos e por isso mantive a trajetória de queda. Como sempre supermercado pesou mais no orçamento seguido da casa (IPTU e Condomínio), essa que por sinal foi alugada e a partir do próximo mês já paro de gastar com essas taxas, um verdadeiro alívio para o bolso. Como gastei pouco com todo o resto olha quem apareceu em terceiro lugar, acesso à internet. Não tenho internet fixa em casa e por isso assino um plano ilimitado semanal 4G que é praticamente o mesmo preço que ter banda larga em casa, com a vantagem de poder levar para qualquer lugar. E se você acha que internet móvel é um lixo tenho que dizer que se tem uma coisa que presta no Oriente Médio é rede 4G, atinjo fácil velocidade de 150Mbps com meu iPhone. Mesmo assim é um luxo que eu deveria pensar em reduzir, R$125 por semana só em internet é absurdo, quando deixar eu emprego esse gasto deve cair para R$160,00 por mês para duas pessoa. Gasto total no mês R$ 5.761,95

Os três maiores gastos do mês foram:
Supermercado R$ 1.600,95
Imóvel (Condomínio+IPTU) R$ 800,00
Internet Móvel R$ 500,00




APORTES DO MÊS

   Os FIIs de papel continuam na minha mira, a tentação de comprar outros papéis é grande uma vez que caíram muito (mais do que os de papel), mas enquanto eu não atingir os objetivos para essa categoria de FIIs vou continuar “estocando” esse tipo de ativo com a expectativa da inflação retornar em um futuro próximo. 

Em junho fiz os seguintes aportes:


FIIs

BCRI (+) R$ 42.939,12
VRTA (+) R$ 3.545,08
HGCR (+) R$ 5.588,96

TOTAL (=) R$ 52.073,16


PROJEÇÃO Maio/2019

   Estou absolutamente focado na renda passiva, com essa queda da renda variável é impossível prever o patrimônio que terei quando deixar o emprego. Em julho eu ainda não receberei o aluguel uma vez que o primeiro vai para a imobiliária como forma de pagamento pelas serviços prestados, porém agosto será um mês significativo já que receberei pela primeira vez os cupons do Tesouro Direto depois que fiz a mudança de estratégia para FIIs e receberei o primeiro aluguel em minha conta, então finalmente terei números confiáveis do potencial que a minha renda passiva pode atingir. Por enquanto projeto me “aposentar” com uma renda de aproximadamente R$16.500,00 já considerando o aluguel.



Sr. IF365

Comentários