O grande vencedor da corrida pela Independência Financeira…

   Talvez você já tenha de alguma forma comparado seu progresso rumo à IF com o progresso do Sr.IF356 e pensado que talvez esteja atrás ou na frente dele em busca da tão sonhada liberdade financeira. Pode ser que você com 30 anos tenha acumulado 3 milhões, ou então aos 50 anos atingiu seu primeiro milhão. Apesar da busca pela IF ser um jornada extremamente pessoal é difícil não olhar para os lados e nos compararmos aos outros “maratonistas”. Mas será que quem conseguiu acumular mais patrimônio é realmente aquele que está liderando a corrida dos ratos?





   Seria o plano do Sr.IF365 de acumular 3.5 milhões melhor do que o seu de acumular “apenas” 1 milhão? A primeira vista pode parecer que sim, mas a verdade é que o grande objetivo da independência financeira é a conquista da sonhada liberdade, e essa não pode ser mensurada simplesmente através do patrimônio acumulado. Quem leu meu post a respeito da situação financeira do Johnny Depp sabe que não existem limites para uma pessoa está disposta a gastar, e é justamente aí que eu volto a insistir que o valor do patrimônio não é parâmetro para medir o sucesso de alguém que busca a independência financeira.

   A definição mais aceita de ser independente financeiramente é quando a pessoa consegue que seu patrimônio gere renda suficiente para cobrir suas necessidades, dessa maneira se alguém possui um custo de vida menor é certo dizer que atingirá a IF mais facilmente do que alguém que possui um custo de vida elevado. Então é absolutamente possível que mesmo não tendo acumulado alguns milhões, você esteja muito mais próximo da IF do que a maioria das pessoas a sua volta e que aparentemente possuem um patrimônio maior que o seu. É bem provável que você esteja mais próximo da IF do que o diretor da sua empresa por exemplo! Não ficaria surpreso em saber que esse mesmo diretor que ganha tão bem, possui carro e celular da empresa não tenha aprovei essa bela oportunidade para conquistar a independência financeira e terá que trabalhar talvez duas décadas a mais que você para sustentar o padrão de vida elevado.

   O conceito acima parece tão óbvio mas às vezes quando olhamos para o lado não é difícil sermos enganados pelas aparências, ainda mais em época de Facebook e Instagram. Na verdade quem tem não mostra e quem mostra não tem… o grande vencedor dessa corrida maluca vai sempre ser aquele que tiver flexibilidade suficiente para ajustar seu padrão de vida à realidade financeira daquele momento em que estiver vivendo, e assim perpetuar sua independência financeira.


Sr.IF365

Comentários