Política não enriquece…

    

  Depois de já ter descoberto que ser ator hollywoodiano não enriquece uma vez que eu e você somos mais ricos que o Johnny Depp (leia AQUI), agora cheguei à conclusão que ser político no Brasil é um mau negócio também. Na semana passada foram oficializadas as candidaturas dos concorrentes (e porque não dizer corajosos) homens e mulheres dispostos à ocupar o cargo de presidente (ou presindentA) da República do Brasil. Imagino que para ocupar um cargo de tamanha importância tal pessoa deva ser acima de tudo honesta e por isso longe de mim questionar a veracidade das declarações de imposto de renda fornecidas ao TSE no momento da homologação das candidaturas, duvidar da honestidade de qualquer uma das pessoas abaixo seria um ato impensável pra não chamar de lunático.


A falsa e injusta imagem que o povo brasileiro faz da classe política




  Enfim, para formar o ranking abaixo me apeguei somente ao patrimônio dos principais nomes que se colocaram à disposição para servir o povo brasileiro pelos próximos 4 anos, são eles:

João Amoêdo - 425,0 milhões

Henrique Meirelles - 377,5 milhões

*SrIF365 - 3,2 milhões

Alvaro Dias - 2,9 milhões

Jair Bolsonaro - 2,2 milhões

Ciro Gomes - 1,7 milhão

Geraldo Alckmin - 1,4 milhão

Marina Silva - 119 mil

Guilherme Boulos - 15 mil

Cabo Daciolo - Nenhum bem declarado

*Lula não entra no ranking (apesar de ter declarado 8.0 milhões) pois legalmente não pode  ser candidato e o dinheiro não é dele, em seu lugar entra o Sr.IF365.



  Ao estudar e refletir sobre a situação da maioria dos candidatos fui tomado por um alívio em descobrir que felizmente, ao invés de seguir a nobre carreira de servir meu povo como político decidi por um caminho não tão nobre (chamaria até de egotista) e simplesmente segui trabalhando durante 25 anos no setor privado capitalista, gastando todo meu tempo e energia em benefício próprio. Digo que estou aliviado porque depois desse tempo todo consegui juntar mais dinheiro do que a maioria dos serviçais que listei acima, note que se eu  abrisse mão do meu egoísmo e decidisse mudar meu objetivo de vida para o de melhorar a situação do povo brasileiro e saísse candidato à presidente da república apareceria em terceiro lugar no ranking! O mais impressionante é que estou “concorrendo” com político profissionais que já estão servindo o povo à mais de 3 décadas… Ou seja meu caro leitor, política não se enquadra em uma das profissões IF que que já comentei no artigo "Como escolher uma profissão IF".


   Notem que os dois únicos candidatos que são um pouco mais ricos que o Sr.IF365 (João Amoêdo e Henrique Meirelles) estão começando agora na política e só atingiram a independência financeira porque dedicaram suas vidas à trabalhar no setor privado, nenhum dos dois foi candidato anteriormente apesar de já terem ocupado cargos políticos por indicação. Sinceramente acho que Marina Silva e Guilherme Boulos precisam de orientação da comunidade FIRE, caso contrário terão que trabalhar até o fim da vida uma vez que nesse ritmo nunca atingirão a IF. Já o Cabo Daciolo? Melhor nem comentar….rs




  Tem um vídeo bem legal do canal Primo Rico que fala em mais detalhes como o patrimônio de alguns candidatos simplesmente encolheu desde as últimas eleições e como cada um deles investe seu dinheiro. É alarmante ver como pessoas que se propões a cuidar da economia do nosso país são incapazes de cuidar bem das próprias finanças.

Segue o vídeo abaixo:






Sr.IF365

Comentários