Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

Ele voltou...

Imagem
Hoje recebi a confirmação de que a empresa aceitou meu pedido de demissão e me informaram que meu último dia de trabalho será 20 de Janeiro. O contador voltou e foi ajustado para a nova data, agora começa a correria para conseguir todos os documentos necessários para meu desligamento, isso porque eu ainda nem sei para onde vou!rs




Tormenta à vista…

Imagem
Olho para o horizonte e vejo uma tempestade se aproximando, não estou me referindo à uma crise financeira de grandes proporções e sim uma crise na minha vida pessoal. Conforme relatei no meu último post a Srta.IF365 passa por um momento de indecisão com relação ao trabalho, não só foi surpreendida com a antecipação da minha aposentaria como também com o recebimento da notícia da sua sonhada promoção.

   Bolsonaro eleito, pedido de demissão enviado, ascensão profissional da mulher… oque poderia dar errado?





   A verdade é que estou pressentindo que a Srta.IF365 entrou em pânico quando todos aqueles sonhados planos de IF viraram realidade, perdi a conta de quantas vezes no passado eu tentei anima-la dizendo que o sofrimento de morar no Oriente Médio um dia acabaria e a gente poderia ir viver uma vida tranquila em qualquer parte do mundo. Por ser solteiro tinha uma meta de IF mais modesta e quando atingi essa meta decidi “dobrar a meta”(rs) porque tive que incluir mais uma pessoa para …

Quando você deixa de dar importância as coisas acontecem naturalmente...

Imagem
Gosto da frase “quando você deixa de dar importância as coisas acontecem naturalmente”, quem usa muito ela é um coach americano chamado Corey Wayne, em geral ele fala sobre relacionamentos e usa ela no sentido de que se você der muita bola para uma pessoa que deseja conquistar ela acaba te esnobando, então o segredo é seguir a sua vida e deixar rolar naturalmente. Porém entre tantos mistérios do nosso universo já notei que isso acontece em quase tudo na nossa vida, parece que quanto mais corremos atrás de alguma coisa mais distante ficamos dela. E depois que cansamos de correr e largamos mão, do nada tudo se resolve…






   E foi justamente isso que pude constatar essa semana, ou melhor quem constatou foi a Srta.IF365. Trabalhamos na mesma empresa a qual no geral oferece oportunidade rápida de ascensão profissional, não só por causa do crescimento explosivo como também por conta da alta rotatividade de funcionários (ninguém fica muito tempo por essas bandas, principalmente as comissári…

Está acontecendo...

Imagem
Parece que aos poucos as previsões que a bonança da bolsa americana está chegando ao fim, estamos todos anestesiados pelas eleições aqui no Brasil e praticamente não se fala das quedas brutais dos ativos lá fora, tudo indica que mais uma vez a velha máxima "tudo que sobe tem que descer" continua verdadeira. Como isso irá afetar o Brasil eu ainda não sei, porém é o momento que eu estava esperando ansiosamente para entrar no mercado americano, possivelmente um cenário de dólar em baixa por aqui e bolsa em baixa por lá.





   Após deixar meu emprego irei receber meu "plano" de aposentadoria com coparticipação, esse dinheiro nada mais é doque uma previdência privada onde ao longo de 5 anos eu contribui com metade e a empresa depositou a outra metade. Apesar de não poder resgatar esse valor antes de deixar meu emprego é possível escolher que tipo de investimento a minha contribuição é aplicada. Durante os 4 primeiros anos eu deixei em fundo de ações do mercado americano…

Carta de demissão…

Imagem
Hoje finalmente formalizei minha demissão, conforme me foi pedido entreguei uma carta solicitando o desligamento da empresa e explicando os motivos da minha saída, agora é só esperar a data final fornecida pelo setor de RH e fazer as malas! Quando me pediram para explicar os motivos da demissão várias coisas me vieram à mente, desde algo genérico do tipo “sair em buscas de novos desafios” até chutar o balde expressando críticas ao modelo de gestão da empresa. Porém coloquei tudo na balança e percebi que sou apenas mais um número que em breve será substituído por outro número, minha opinião não irá mudar em nada oque acontece hoje na empresa e escrever qualquer tipo de crítica apenas irá fechar as portas no caso de um possível retorno no futuro. Então optei por redigir uma carta genérica e dentro do padrão esperado, basicamente dividida em introdução, explicação e agradecimento.





Não foi difícil encontrar inúmeros modelos de cartas desse tipo no Google e por isso copiei e colei oque ach…

Joguei a toalha…

Imagem
Depois do meu último post alguns devem ter notado um certo silêncio no blog, e silêncio normalmente nunca é bom sinal, porém na verdade ainda não consegui decidir se é ou não um bom sinal. Gostaria muito que a minha trajetória rumo à IF fosse esse conto de fadas onde tudo é meticulosamente planejado e executado, planilhas, projeções, aportes, etc… tudo parte do “plano” perfeito me levando à linha de chegada e à vitória absoluta. Mas infelizmente a vida é oque acontece ao nosso redor enquanto fazemos planos, normalmente teimando em não seguir o script perfeito. E foi justamente isso que aconteceu comigo nas últimas semanas, ao retornar das férias eu planejava estar absolutamente pronto para enfrentar os últimos meses antes da aposentadoria antecipada, eu deveria me sentir motivado, cheio de energia e com um brilho nos olhos por contemplar a linha de chegada logo ali! Mas como alguns leitores notaram ao ler meus últimos posts não foi isso que aconteceu, eu simplesmente não consegui e…

Seu chefe tem papel mais importante em sua saúde do que seu médico...

Imagem
Reportagem

   Em 2016, um engenheiro de software da Uber, com uma renda anual de seis dígitos, cometeu suicídio. O motivo, segundo sua família, foi seu alto nível de estresse no trabalho.
Um estagiário do banco Merrill Lynch de 21 anos desmaiou e morreu em Londres depois de trabalhar 72 horas seguidas.

  Quando a gigante do aço ArcelorMittal fechou uma de suas fábricas, um funcionário de 56 anos morreu de ataque cardíaco três semanas depois. Teria sido o choque de perder o emprego depois de tanto tempo, afirmaram parentes à época.

   Os casos, ainda que extremos, são sintomas de um problema cada vez mais comum: a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho contabiliza que mais da metade dos 550 milhões de dias de trabalho perdidos anualmente devido a faltas "está relacionada a estresse".

   Em 2015, uma análise feita com base em quase 300 estudos constatou que práticas nocivas no local de trabalho elevavam a mortalidade, assim como o fumo passivo, por exemplo.
T…

Entrei no juros do cartão de crédito…

Imagem
Como são as coisas, o Sr.IF365 olha diariamente sua planilha financeira, anota todos os gastos e de quebra ainda fica de olho nas notícias que afetam a economia do país e mesmo assim cometeu o sacrilégio de entrar no juros do cartão de crédito esse mês. Tudo por conta de uma barbeiragem financeira e falta de atenção.



   Foi um mês de gastança por conta das férias e paguei tudo no cartão, quando fiz o fechamento mensal para o blog notei mesmo que tinha algo de estranho e que por algum motivo os aportes ainda foram altos, mas devido ao stress do retorno ao trabalho acabei deixando pra lá e só percebi o erro quando aconteceu o débito automático da fatura. Basicamente quando meu salário aqui no exterior entra na conta eu já separo o valor da fatura do cartão de crédito e tudo que sobra mando pro Brasil para ser investido, deixando uma pequena margem de segurança para eventuais saques em dinheiro. E foi justamente isso que eu fiz no final do mês passado, porém acho que os gastos da viag…

Pensamento do dia...

Imagem
E a juventude vai escoando entre os dedos.


   Era uma vez uma geração que se achava muito livre.

   Tinha pena dos avós, que casaram cedo e nunca viajaram para a Europa.

   Tinha pena dos pais, que tiveram que camelar em empreguinhos ingratos e suar muitas camisas para pagar o aluguel, a escola e as viagens em família para pousadas no interior.

   Tinha pena de todos os que não falavam inglês fluentemente.

   Era uma vez uma geração que crescia quase bilíngue. Depois vinham noções de francês, italiano, espanhol, alemão, mandarim.

   Frequentou as melhores escolas.

   Entrou nas melhores faculdades.

   Passou no processo seletivo dos melhores estágios.

   Foram efetivados. Ficaram orgulhosos, com razão.

   E veio pós, especialização, mestrado, MBA. Os diplomas foram subindo pelas paredes.

   Era uma vez uma geração que aos 20 ganhava o que não precisava. Aos 25 ganhava o que os pais ganharam aos 45. Aos 30 ganhava o que os pais ganharam na vida toda. Aos 35 ganhava o que os pais nu…

Dinheiro nunca é demais…

Imagem
Apesar de não ter mais falado aqui no blog a respeito de largar tudo mais cedo e ir viver a IF isso não quer dizer que quase todos os dias não penso em jogar tudo para o alto, principalmente depois que voltei das férias. A verdade é que eu estava me sentindo ótimo depois de quase 3 semanas longe do trabalho, a viagem de férias teve sim seus momentos estressantes mas quando retornei ao "deserto" me sentia rejuvenescido. Porém logo após a primeira viagem à trabalho (que começou com uma bela sequência de voos noturnos) não demorou para eu ser atacado por mais um ciclo da minha doença misteriosa, as dores de cabeça diárias voltaram, minhas costas travaram a ponto de eu não estar mais conseguindo ir à academia e a gastrite que simplesmente desapareceu durante as férias mesmo eu tendo abusado de todo tipo de comida e bebida retornou com força total a ponto de eu ter que apelar para Omeprazol (remédio que eu tento evitar ao máximo para não viciar).





   Não sei dizer se já virou p…

Sr.IF365 e Deus... Ele existe?

Imagem
Hoje não irei refletir sobre finanças, e nem sobre eleições….rs Acho que conforme a minha “aposentadoria” se aproxima o blog inevitavelmente irá aos poucos mudar o foco das finanças para outros assuntos menos técnicos e talvez mais filosóficos, afinal não é difícil esgotar o assunto “finanças pessoas”. No meu caso todo o plano financeiro já está traçado e basta continuar aportando conforme planejado e posteriormente viver da renda dos ativos. Logicamente continuarei a fazer meus fechamentos mensais e compartilhar um pouco da minha estratégia de reinvestimentos, porém com certeza falarei mais de saúde (coisa que eu preciso urgentemente recuperar após FIRE), viagens e quem sabe até dos desafios de mudar de um país para outro. Ou seja coisas do meu novo cotidiano após IF, porém mesmo sem ainda estar aposentado certas coisas que acontecem mundo a fora me forçam a parar e refletir sobre a vida, uma delas é o desastre que a aconteceu recentemente na Indonésia onde após um terremoto devas…

2 milhões de dólares não são suficientes para se aposentar hoje em dia…

Imagem
Essa semana tive o desprazer de ouvir o podcast da Paula Pant (Afford Anything) onde ela entrevistou a Suze Orman, essa figura que até aquele momento eu nunca tinha ouvido falar mas que depois de uma rápida pesquisa na internet descobri que em tese ela deveria ser uma referência no mundo das finanças pessoais e que tinha até seu próprio programa de TV onde tirava dúvidas dos telespectadores. Confesso que foi o podcast mais difícil de ouvir em toda a minha vida, nunca vi ninguém jogar tanta areia nos projetos de independência financeira e aposentadoria antecipada como essa mulher fez durante a entrevista, juro que ao final do show estava absolutamente desanimado com a minha aposentadoria antecipada.








   Para se ter uma idéia a entrevista começa com a Paula perguntando se essa Suze conhecia o movimento FIRE e a resposta foi “eu conheço e odeio, odeio e odeio esse movimento…”, dali pra frente foi um show de horrores para quem procura se motivar através de podcasts. Basicamente essa Suz…

Odeio odiar meu emprego…

Imagem
Quem já é leitor do blog à algum tempo com certeza notou como guardo um enorme desgosto pelo meu trabalho, apesar de sentir orgulho doque que conquistei até hoje profissionalmente, eu simplesmente ODEIO meu emprego. Porém ultimamente ando sendo tomado por um sentimento de que “odeio odiar meu emprego”, não sei se já está batendo um saudosismo antecipado ou simplesmente estou sentindo um alívio por saber que o sofrimento está chegando ao fim. De um jeito ou de outro me bate uma certa raiva quando penso que largarei tudo, foram tantos anos de esforço, sacrifícios, dinheiro investido e infinitos ”sapos engolidos” para agora jugar tudo no lixo? E pior, desistir de tudo justo agora que atingi uma posição profissional que em um passado não muito distante eu nem sonharia em conquistar.






   Digo tudo isso porque na época da Varig ou mesmo nos dias atuais da TAM um comandante de jato intercontinental normalmente só chegava à essa posição quando já se encontrava muito próximo da aposentadoria…

Quanto custou para conhecer a Islândia...

Imagem
Quando fechei as contas depois das férias e descobri o quanto havia gastado em poucos dias de viagem me bateu a dúvida se deveria postar ou não os números reais no blog, isso porque tinha a certeza absoluta de que os comentários seriam do tipo “que desperdício”, “jogou dinheiro no lixo”, “você não sabe dar valor ao dinheiro suado que ganha”, etc… qual não foi a minha surpresa ao ler nos comentários que não só não apareceu nenhum tipo de crítica desse nível como também alguns pediram mais informações sobre a viagem.

   Pois bem, como esse é um blog de finanças vou tentar ao máximo me manter próximo do título desse post e passar para você leitor o quanto custa conhecer um dos países mais caros e exóticos do mundo, a Islândia.







   Antes de entrar em detalhes quero dar uma visão geral dos gastos e da viagem como um todo, foram gastos R$ 24.860,93 (ou aproximadamente USD6500) ao longo de 12 dias de férias. Esse valor me permitiu viajar de Dubai para Copenhagen, pegar um trem para passar …