2 milhões de dólares não são suficientes para se aposentar hoje em dia…

   Essa semana tive o desprazer de ouvir o podcast da Paula Pant (Afford Anything) onde ela entrevistou a Suze Orman, essa figura que até aquele momento eu nunca tinha ouvido falar mas que depois de uma rápida pesquisa na internet descobri que em tese ela deveria ser uma referência no mundo das finanças pessoais e que tinha até seu próprio programa de TV onde tirava dúvidas dos telespectadores. Confesso que foi o podcast mais difícil de ouvir em toda a minha vida, nunca vi ninguém jogar tanta areia nos projetos de independência financeira e aposentadoria antecipada como essa mulher fez durante a entrevista, juro que ao final do show estava absolutamente desanimado com a minha aposentadoria antecipada.



Dois milhões de dólares não são nada...





   Para se ter uma idéia a entrevista começa com a Paula perguntando se essa Suze conhecia o movimento FIRE e a resposta foi “eu conheço e odeio, odeio e odeio esse movimento…”, dali pra frente foi um show de horrores para quem procura se motivar através de podcasts. Basicamente essa Suze é uma multi-milionária e acredita piamente que 2 milhões de dólares não são nada hoje em dia e nem de longe seriam suficientes para uma pessoa cogitar se aposentar cedo, para ela somente alguém com um patrimônio perto dos 10 milhões de dólares estaria em condições de deixar o emprego e viver de renda. Segundo ela uma renda de 80 mil dólares por ano não cobre o custo de vida de uma pessoa nos dias atuais. Fico me perguntando em que mundo essa mulher vive para dizer um absurdo desses, pela arrogância que ela demonstrou ficou nítida a falta de conhecimento dela com relação ao movimento FIRE, mas mesmo assim ela tento explicar seu ponto de vista para a entrevistadora (que naquele momento já parecia estar arrependida de ter trazido tal pessoa para o podcast).



Suzi Orman



   Basicamente a Suze não só vive uma vida absolutamente fora dos padrões normais da população em geral como também é completamente alheia à realidade da classe média americana. Ela é do tipo de pessoa que anda em jatinhos particulares e tem sua propriedade localizada em uma ilha particular. Obviamente vive cercada de celebridades que compartilham o mesmo estilo de vida e não é de se estranhar que por isso diga em alto e bom som que nem de longe 2 milhões de dólares seriam suficientes para alguém atingir FIRE, mesmo assim ela tentou justificar o porque alguém que leva uma vida normal nunca deveria se aposentar cedo sem possuir pelo menos 10 milhões de dólares.


   A partir de um certo ponto da entrevista Suzi revela-se uma pessoa extremamente pessimista com o futuro e teme a possibilidade de desastres que estão além do nosso controle mas que teriam o poder de simplesmente dizimar as finanças de alguém que atingiu a IF, ela cita incessantemente problemas de saúde que forçariam alguém a ter que desembolsar somas consideráveis com tratamentos ou mesmo cuidados especializados. Ela mesma diz ter gasto 30 mil dólares por mês com o tratamento médico da mãe e que ao longo do tempo o custo total beirou 1 milhão de dólares. Cita também a possibilidade de você perder sua casa para um desastre natural como enchentes ou furacões… ou seja, uma verdadeira figura vinda diretamente do capítulo bíblico do Apocalipse.


   Obviamente se alguém tiver o azar de contrair um câncer ou a casa pegar fogo o prejuízo financeiro irá fatalmente comprometer a IF, porém se formos seguir os conselhos de alguém que vê desgraça em tudo trabalharemos até a morte motivados exclusivamente pelo medo de nunca termos o suficiente. E acredite se quiser esse é justamente o conselho de Suze Orman para a comunidade FIRE, trabalhe pelo máximo de tempo que puder e economizando o máximo de dinheiro que puder. Em outras palavras trabalhe até a morte e jogue seu pouco tempo de vida que tem sobre a terra no lixo.


   Abaixo vou deixar algumas frases célebres que essa especialista em finanças pessoais disse durante a entrevista, se tiver a oportunidade e quiser se desmotivar com relação ao seu caminho rumo à independência financeira e aposentadoria antecipada você pode ouvir o podcast na íntegra AQUI.


   “Dois milhões de dólares não são nada, não são nada. Representam centavos no mundo atual e eu vou explicar porque.”

   “Preste atenção, se você tem 20 milhões, 40 milhões, 50 milhões ou 100 milhões… então se dê ao luxo de viver como eu, okay. Se você tem isso de dinheiro e quer se aposentar então tudo bem. Mas se você tem somente algumas centenas de milhares de dólares, um milhão ou mesmo 2 milhões de dólares eu vou lhe dizer a verdade… se um desastre acontecer em sua vida sabe oque irá acontecer com você? Vai queimar vivo.”

   “Eu acredito que a longo prazo 80 mil dólares como renda anual não serão suficientes conforme a pessoa envelhece, especialmente se considerarmos impostos. Você pode até pensar que serão sim suficientes, mas não serão”.

   “Faça como bem entender, mas na minha opinião aposentar-se cedo será o maior erro financeiro que você fará na vida.”

   “Vamos pensar de forma lógica, ajudar um membro da família que esteja doente e que necessite de cuidados intensivos de saúde pode custar até 250 mil dólares por ano, somando-se ao custo de vida normal da família que gira em média 100 mil dólares por ano chegamos ao valor de 350 mil dólares anuais em gastos. Se considerarmos os impostos estamos falando em uma renda necessária próxima de 500 mil dólares por ano. Então usando uma regra de 5% de retiradas estamos falando de um portfólio de 10 milhões de dólares.”

   “Se você não tem no mínimo 5 ou 10 milhões de dólares não se aposente!”

   “Conforme você fica velho as coisas acontecem, você pode ser atropelado por um carro, escorregar no gelo, ficar doente, contrair um câncer… essas coisas acontecem.”

   “Mas tudo bem, faça oque quiser. Só estou avisando, quem brinca com fogo (FIRE) acaba sempre se queimando.”


    E você? Tem uma “Suze Orman” em sua vida e que fica sempre gorando seus planos de FIRE? Eu entendo a preocupação dela, mas deixar de viver a vida por causa do medo está absolutamente fora dos meus planos. Prefiro tentar e fracassar nos meus planos de IF doque chegar ao fim da vida com milhões de reais no banco e com o gosto amargo por não ter tentado ser feliz.


Sr.IF365

Comentários