Está acontecendo...

   Parece que aos poucos as previsões que a bonança da bolsa americana está chegando ao fim, estamos todos anestesiados pelas eleições aqui no Brasil e praticamente não se fala das quedas brutais dos ativos lá fora, tudo indica que mais uma vez a velha máxima "tudo que sobe tem que descer" continua verdadeira. Como isso irá afetar o Brasil eu ainda não sei, porém é o momento que eu estava esperando ansiosamente para entrar no mercado americano, possivelmente um cenário de dólar em baixa por aqui e bolsa em baixa por lá.





   Após deixar meu emprego irei receber meu "plano" de aposentadoria com coparticipação, esse dinheiro nada mais é doque uma previdência privada onde ao longo de 5 anos eu contribui com metade e a empresa depositou a outra metade. Apesar de não poder resgatar esse valor antes de deixar meu emprego é possível escolher que tipo de investimento a minha contribuição é aplicada. Durante os 4 primeiros anos eu deixei em fundo de ações do mercado americano e no último ano decidi migrar tudo para um fundo composto por títulos públicos de mercados emergentes, tudo porque eu já sabia que iria sair do meu emprego em breve e a possibilidade de acontecer um crash nas bolsas americanas bem no momento de deixar meu emprego era grande. Não sei se acertei mas apesar de não ter surfado na onda da bolsa americana em 2018, ainda sim estou tranquilo sabendo que posso contar com o valor que já está lá.


   Enfim, acho se a bolha americana estourar, será um momento de enorme oportunidade para nós brasileiros entrarmos forte no mercado americano uma vez que por conta da euforia pelo novo governo (no caso do Bolsonaro ganhar) o dólar ainda fique baixo, e quem não quer comprar ativos americanos com o dólar baixo e a bolsa deles em crise? Como já comentei em um post anterior pretendo reinvestir parte da minha renda passiva fora do país para aos poucos aumentar minha diversificação e exposição ao risco Brasil, então um "bear market" na gringolândia viria bem à calhar!rs



  Segue um video do meu YouTuber favorito quando o assunto é projeções financeiras sombrias:


Comentários