Sr.IF365 e Deus... Ele existe?

   Hoje não irei refletir sobre finanças, e nem sobre eleições….rs Acho que conforme a minha “aposentadoria” se aproxima o blog inevitavelmente irá aos poucos mudar o foco das finanças para outros assuntos menos técnicos e talvez mais filosóficos, afinal não é difícil esgotar o assunto “finanças pessoas”. No meu caso todo o plano financeiro já está traçado e basta continuar aportando conforme planejado e posteriormente viver da renda dos ativos. Logicamente continuarei a fazer meus fechamentos mensais e compartilhar um pouco da minha estratégia de reinvestimentos, porém com certeza falarei mais de saúde (coisa que eu preciso urgentemente recuperar após FIRE), viagens e quem sabe até dos desafios de mudar de um país para outro. Ou seja coisas do meu novo cotidiano após IF, porém mesmo sem ainda estar aposentado certas coisas que acontecem mundo a fora me forçam a parar e refletir sobre a vida, uma delas é o desastre que a aconteceu recentemente na Indonésia onde após um terremoto devastador parte da costa ainda foi dizimada por uma tsunami ceifando milhares de vidas.





   Apesar de ser bem alheio ao noticiário em geral meus planos de morar na Indonésia após a IF fatalmente chamam a minha atenção para oque acontece naquele país. Desastres naturais não são novidade para aquele povo que vive rodeado de vulcões e assolados por terremotos constantes, porém mesmo assim vemos que desastres do tipo que aconteceu no começo do mês ainda causam um número absurdo de fatalidades, não sei se é despreparo ou simplesmente descaso das autoridades em cuidar do seu povo mas já passou da hora de criar um sistemas que alertaria a população para a possibilidade de uma tsunami, acredito até que exista mas como podemos comprovar não funciona direito. A verdade é que mais uma vez milhares de pessoas morreram vítimas de um desastre natural. Eu particularmente não tenho medo de morar em uma ilha como Bali mas minha mulher sim, apesar dela ser nascida na Indonésia sua cidade natal não está localizada em uma zona de risco de tsunami e nem próxima a um vulcão ativo. Mas para mim que saí de um país como o Brasil onde 60 mil pessoas são assassinadas todos os anos, consigo tirar de letra quase qualquer tipo de desastre natural.


   Mas a minha reflexão de hoje não é exatamente sobre desastres naturais, na verdade todas as vezes que vejo uma tragédia nos noticiários me pego pensando “onde estaria deus em um momento desses?”. O SrIF365 tem uma relação pacífica com o todo poderoso, não é praticante de nenhuma religião mas também não fica negando a existência dele, afinal ninguém pode provar com certeza que deus existe ou mesmo dizer que ele não existe. Para dizer a verdade eu tenho é medo que ele exista, isso porque observando tudo que acontece à minha volta cheguei a conclusão de que se ele realmente existe então ou não é todo poderoso ou então não é um poço de bondades como nos ensinam. Mas como assim Sr.IF365? Doque vc está falando? Calma que eu explico…


   Ao ver como o mundo atual anda não é difícil questionar a existência ou o poder de deus, é tanta desgraça que qualquer ser humano fica desnorteado. Guerras, enchentes, doenças, etc… na maioria dos casos fica fácil culpar a própria espécie humana por nossas mazelas e isentar deus de qualquer culpa. Guerras causadas pela cobiça dos homens, enchentes devido ao nosso descaso com a natureza e doenças causadas pelo nosso péssimo estilo de vida moderno… concordo, vamos colocar isso tudo na nossa conta afinal deus criou o homem à sua imagem e semelhança então deveríamos ser pacíficos e viver em harmonia com a natureza. Mas agora eu volto à tragédia que ocorreu recentemente na Indonésia onde um número incontável de crianças morreram esmagadas por prédios durante o terremoto ou afogadas pela tsunami. Simplesmente não consigo achar uma explicação plausível para colocar esses acontecimentos também na nossa conta.


   Quando vejo a quantidade de inocentes mortos na tragédia da Indonésia fico me perguntando que tipo de justiça divina aconteceu ali, será que todas aquelas pessoas (incluindo bebês) realmente mereciam aquele destino? Qual o motivo de tal punição? Dessa forma chegamos a apenas duas possibilidades, ou deus não é todo poderoso ou não é inteiramente bondoso como gostamos de crer. Se ele fosse totalmente bom com seus filhos teria facilmente evitado tal tragédia para protege-los, mas talvez isso estivesse alem de seus poderes. Ou então se deus realmente é dotado de poderes infinitos e capaz de evitar tal tragédia a conclusão que chegamos é que ele não é tão bondoso como gostaríamos de acreditar. Infelizmente não consigo achar outra alternativa… não bastando todas as ameaças na terra ainda temos a possibilidade de um asteroide vindo do espaços dizimar por completo toda a vida humana na terra, então quando olho ao meu redor e como o universo tenta nos matar fica difícil conceber um deus todo poderoso e bondoso como gastaríamos de crer.






   Quando coisas ruins acontecem é muito comum ouvirmos que a vontade de deus é um mistério e além da compreensão humana, ou seja “deus quis assim”. Quem nunca perdeu um ente querido e ouviu “era a vontade de deus”? Pois bem, agora chegamos ao famoso “deus do desconhecido”… nós humanos adoramos preencher as lacunas do desconhecido utilizando deus. Basicamente tudo que a ciência ainda não consegue explicar nós preenchemos com deus, no passado o homem via “estrelas” caindo do céu e atribuía isso à sinais divinos, a própria bíblia descreve como “estrelas” que literalmente se descolavam do firmemento e caiam na terra por vontade de deus, hoje sabemos que não passam de meteoritos que entram em nossa atmosfera.


   Mesmo depois de tudo que eu disse acima pode ser que alguns ainda defendam que nós humanos não temos a capacidade de entender a bondade e os planos de deus, talvez provocar um terremoto seguido de tsunami faça parte de um plano divino muito maior doque possamos compreender dentro da ignorância humana e que por isso seriamos incapazes de ver a imensidão da bondade divina nesse tipo de evento. Porém acho que mesmo dentro da minha infinita ignorância humana eu posso afirmar que algo que destrói a vida tem que ser necessariamente ruim enquanto algo que preserva e prolonga a vida tem que ser necessária mente bom. Não é possível que um câncer que causa sofrimento ou um terremoto que destrói e tira vidas seja fruto de bondade, por mais ignorante que eu possa ser ao menos essa distinção entre o bem e o mal eu ainda consigo fazer.


   Desastres naturais continuarão acontecendo na Indonésia e acredito que fatalmente irão acontecer após minha IF quando eu me mudar para lá, por isso não tenho planos de comprar nenhum imóvel na ilha. Porém uma certeza que eu tenho é que farei bom uso da independência financeira para ajudar os necessitados dentro das minha possibilidades. Enquanto isso continuarei tentando encontrar uma explicação razoável para tanto sofrimento….

E oque meu post tem a ver com finanças para eu colocar aqui no blog? Nada…



Sr.IF365