Dezembro/2018: R$3.585.544,61 (+2,72%) | Renda Passiva R$15.817,75

Patrimônio: R$3.585.544,61
Renda passiva (Cupons*+Dividendos Ações e FIIs): R$15.817,75
Renda Ativa: R$51.081,00
Gastos: R$5.154,02
Aportes: R$ 29.265,70
Dívidas: R$ 0,00

*O valor total líquido dos cupons é dividido por 6 e contabilizado mensalmente como renda passiva para aquele respectivo mês.







PATRIMÔNIO REAL

   Vamos ao último fechamento do ano e penúltimo fechamento antes da IF! Apesar dos mercados no exterior terem caído bastante o Brasil continua firme e confiante no novo governo e por isso tive valorização tanto na carteira de ações como na de FIIs, juro que não sei até onde essa alienação ao que acontece lá fora irá continuar. O dólar elevado continua me favorecendo porém só transferi metade do meu salário para o Brasil uma vez que provavelmente irei precisar de dinheiro aqui fora durante a mudança de país (seja qual país for), farei a mesma coisa esse mês e juntamente com o dinheiro da venda do carro acho que terei dinheiro suficiente em conta para que a transição (pelo menos no sentindo financeiro) seja tranquila.

   O patrimônio pela primeira vez ficou os pés acima dos 3,5 milhões fechando em exatos R$3.585.544,61. Apesar de eu não ter pretenção de viver da regra dos 4% ainda sim dizem que para o sucesso da independência financeira e aposentadoria antecipada é importante que os primeiros anos após aposentadoria sejam de crescimento patrimonial, então até agora tenho dado sorte. O próximo mês será o último com o qual contarei com a renda ativa e por isso já planejo mudanças no formato dos fechamentos mensais.


Portfólio:

Ações: R$235.629,90
FIIs: R$1.803.973,85
Tesouro 2050: R$392.968,03
Reserva em Dólares: R$399.069,20
Imóvel: R$750.000,00
Outros: R$ 3.903,63

TOTAL: R$3.585.544,61





RENDA PASSIVA

   A renda passiva ainda em crescimento graças aos aportes do mês anterior e ajudada pelo pagamento dos juros sobre capital próprio da TAESA que pagou R$1.153,91. Os FIIs continuam rendendo o esperado e já planejo escrever um post atualizando minha carteira, estou apenas aguardando finalizar os últimos aportes no mês que vem assim terei os números exatos de cada ativo.

   O total da renda passiva foi de R$15.817,75 contribuindo para minha meta de manter a média de R$15 mil por mês, por enquanto está tudo sendo reinvestido mas a partir de fevereiro é só oque terei para comer, morar, pagar plano de saúde, reinvestir, etc… vai ser um experiência interessante.








GASTOS

   Esse mês está rolando uma “falcatrua financeira”, isso porque não irei contabilizar por completo dois gastos importantes que foram os R$1.700,00 com a obtenção do visto para a Indonésia e os R$6.900,00 com a anuidade do plano de saúde. Apesar de ter pago ambos à vista, vou dividir o valor em 12 vezes na planilha de gastos para ter uma ideia real de qual é o meu verdadeiro custo de vida mensal na Indonésia levando em conta esses dois itens importante.

   Então o mês não foi dos piores, por incrível que pareça fiquei abaixo da minha média de gasto mesmo tendo ido viajar para visitar a família antes do Natal. No total gastei R$5.154,02


Os três maiores gastos do mês foram:

Férias: R$1.642,51
Supermercado: R$637,24
Internet: R$420,22

TOTAL: R$5.154,02






APORTES DO MÊS

   Continuo aportando tanto parte da minha renda ativa como toda a renda passiva em FIIs, obviamente os aportes refletem no crescimento da renda passiva igual à uma “máquina de fazer dinheiro”, é um ciclo virtuoso onde reinvestir a renda passiva gera mais renda passiva para ser reinvestida. A verdade é que se eu não tivesse pedido demissão poderia viver como um rei da minha renda ativa e deixar o patrimônio se auto alimentando durante décadas a ponto de eu poder levar para o túmulo uns 10 milhões de reais caso eu viva até os 80 anos, uma verdadeira “síndrome de Tio Patinhas”!

Aportes:

FIIs

FCFL11 R$ 5.850,00
PQDP11 R$ 6.000,00+R$ 3.001,02
BBPO11 R$ 15.326,30
GGRC11 R$2.588,20+R$7.670,00

TOTAL (=) R$ 40.435,52



PROJEÇÃO PARA A IF

   Esse foi o penúltimo mês antes de “passar a régua e pedir a conta”, esse gás final que a economia brasileira deu após as eleições fez meu patrimônio chegar muito próximo dos estimados 3,7 milhões que eu tinha projetado caso seguisse com os planos de me aposentar em Maio de 2019. Caso não aconteça algum desastre econômico nesse começo de ano a projeção patrimonial final é de R$3.644.712,21 e renda passiva R$16.083,44.

   A ficha da IF ainda não caiu, talvez porque eu tenha pedido demissão a empresa está me fazendo voar igual a um louco nessas últimas 4 semanas restantes, por isso talvez em janeiro eu irei postas menos no blog mas pode ter certeza que depois de tudo resolvido o ritmo de postagens irá aumentar, principalmente porque inspiração não irá faltar quando eu estiver sentado com meu laptop em um dos muitos cafés em Bali!rs

   Um feliz ano novo para todos os leitores do blog e desejo sucesso para o novo presidente e sua equipe econômica em 2019, acho que finalmente teremos a chance de construir um país de verdade…


Sr. IF365

Comentários