Um ano inteiro viajando...

   Sabe aqueles planos de me aposentar em uma praia em Bali meio que isolado do mundo, acordando cedo todos os dias para se exercitar e me alimentado de forma saudável? Pois é, esses planos estão indo para as “cucuias”! Se antes a preocupação era oque eu iria fazer com tanto tempo livre, agora a maré virou e passei a me preocupar em como irei achar tempo para fazer tudo que tenho planejado para este ano de 2019. Tudo por conta de uma surpresa agradável que tive essa semana no trabalho, recentemente passei a não mais esconder de ninguém que estou deixando a empresa dentro de mais alguns dias, e numa dessas conversas um dos comissários me disse que a empresa oferece até 12 passagens para ex-funcionários e seus familiares dentro do período de um ano após o desligamento. Fui correndo verificar essa informação e não é que era verdade! Ao se desligar da empresa o ex-funcionário tem direito ao mesmo benefício de quando ainda trabalhava, passagens com desconto de 90% válidas por 12 meses após a data da demissão, porém esse benefício vem com uma pegadinha… tenho que emitir todas as passagens antes do meu último dia na empresa.





   Desde que descobri isso virou um verdadeiro quebra cabeça planejar o próximo ano, não só para mim como também para minha família. Tivemos que colocar a cabeça para funcionar e planejar um ano inteiro de viagens, coisa que é novidade pra mim pois sempre vivi sem poder planejar nada antes da publicação da escala de trabalho mensal… novidade que assusta! Como disse meu pai, vamos ter que colocar em prática viagens que estavam programadas para só daqui à 5 anos, tudo para não perder a oportunidade de poder viajar com passagens quase de graça.


   Quanto à mim pretendo ser mais módico que eles, porém antes mesmo de ficar sabendo que poderia contar com esse benefício inesperado eu já planeja alterar meus planos de morar em Bali… isso porque meu irmão decidiu passar 4 meses na Austrália com a família e perguntou pra mim “já que você estará em Bali e tem que sair do país a cada 60 dias porque não vem para a Austrália visitar as crianças?”, minha resposta ainda influenciada por anos de escravidão no trabalho foi “vamos ver, preciso pensar”… mas então caiu a ficha, tenho todo tempo do mundo e terei inevitavelmente que deixar a Indonésia depois de 60 dias para fazer a reentrada conforme já expliquei nessa post "Como morar legalmente em Bali...", então porque não? Dessa forma decidi que irei passar ao menos um mês na Australia, ainda não bati o martelo entre alugar um AirBnB ou um motorhome, mas estou levando tão a sério a ideia que até já tirei visto para a Austrália e que me permitira ficar até 3 meses por lá. Em um post futuro explicarei como foi fácil obter esse visto...


   Fora essa viagem para a Austrália a família também já combinou de passar o próximo natal juntos no Brasil, então já deixarei mais um passagem com desconto comprada para o fim do ano. No meio disso tudo ainda tem os meus pais que compraram passagem para Bali no mês de maio para me visitar e eu que quero ir ao menos mais uma vez visitar meu irmão na Europa utilizando o benefício da empresa. Uma verdadeira festa de passagens com desconto!rs Já vi que 2020 vai ser o ano da minha familia cair na real, não duvido nada que irão me encher pra voltar a voar pois ficaram mal acostumado a viajar com passagens baratas!rs


   Como disse, se antes a minha preocupação era oque eu iria fazer com tanto tempo livre agora estou preocupado em como encontrar tempo pra fazer tudo isso dentro de um único ano. Na verdade estou meio temeroso com o orçamento do mês, com meus planos de entrar em forma e recuperar a saúde através de uma alimentação saudável, não quero que por conta das viagens eu caia na armadilha de estourar o orçamento para a IF ou não seguir uma rotina saudável, quem não conhece essa desculpa para gastar e se entupir de comida quando se está de férias? O problema é que se tudo der certo essas férias não acabarão tão cedo esse ano!rs


Sr.IF