O tempo passou a voar depois da IF...

   Sei que ando meio sumido e sem postar muito nas últimas semanas, normalmente fico mais quieto quando tenho problemas mas nesse caso é diferente… simplesmente não tem sobrado tempo! Sempre achei que após largar o emprego teria mais tempo livre porém aconteceu exatamente o contrário, se antes eu chegava em casa morto do trabalho e me jogava na sofá para assistir Netflix ou escrever um post agora com energia e ânimo de sobra eu mal fico no sofá. É tanta coisa para fazer durante o dia (exercitar, cozinhar, ir à lugares novos, pesquisar novos destinos, etc…) que quando vejo o dia acabou. Para se ter uma idéia estou bravamente tentando re-assistir aos 21 filmes da Marvel junto com a Srta.IF antes do lançamento de “Vingadores: O Ultimato”, mas não daremos conta de terminar pois quando colocamos o pé em casa a noite já é hora de dormir. A verdade é que os dias ficaram curtos.





   A maior preocupação que eu tinha quando estava prestes a deixar meu emprego era a possibilidade de ficar à toa o dia inteiro, sem ter oque fazer e consequentemente entediado, mas felizmente até agora posso dizer que esse não é o caso. Não sei exatamente como ando gastando meu tempo mas os dias estão literalmente voando! Acho engraçado que na minha ”cabeça pré-FIRE” eu tinha a certeza de que a vida iria ser bem mais lenta sem a rotina do trabalho uma vez que eu praticamente viva no piloto automático, tudo se resumia a dormir, comer e trabalhar. Nas folgas me sentia tão exausto que grande parte do meu tempo era usado para dormir e com o pouco que sobrava ainda tentava me divertir ou exercitar, só de lembrar dessa rotina já me dá um embrulho no estômago e não é a toda que meu corpo reclamava daquela vida. Mas mesmo estando no piloto automático e praticamente ocupando todo o meu tempo ainda sim os dias se arrastavam, minutos pareciam horas, dias pareciam semanas e semanas demoravam para passar come se fossem meses. Lembro que nessa época entre as diversas reclamações que eu fazia aqui no blog uma bem corriqueira era a que o tempo estava passado devagar e praticamente parando, falei sobre isso no post “O feitiço do tempo…” e em um outro post quando brinquei que me toquei do quanto a IF ia demora para chegar quando até a nova temporada de Game of Thrones começaria antes da minha Independência Financeira, agora faltando 2 dias para a estréia da última temporada da séria e tendo antecipado minha IF dou risada desse tipo de post, porém na época era desesperador! É por isso que eu gosto tanto de manter esse blog, lembrar de momentos ruins como os que passei me ajuda a dar valor ao que vivo hoje.


   Viver sem saber exatamente qual dia da semana é hoje não é novidade para mim, durante as mais de duas décadas em que trabalhei como piloto os dias da minha vida se resumiam apenas à 2, aqueles dias em que trabalhava e os dias que folgava, finais de semana ou feriados não existiam e consequentemente passei a ignorar essas datas. Porém hoje continuo completamente alheio aos dias da semana, sem a rotina de trabalho me pego constantemente olhando no calendário para ver que dia da semana é. Não raro me surpreendo ao descobrir que é sexta-feira à noite e então penso “ahhhh, então é por isso que esse lugar está tão cheio hoje!”, ou então quando vou caminhar no parque à tarde e vejo um monte de caminhando também me pergunto “porque essa galera não está trabalhando à essa hora?”, só para então descobrir que é domingo!rs Resumindo, dias da semana continuam não fazendo sentido para mim porém agora é mais assustador ainda vendo que as semanas estão voando.


   Existem várias teorias por aí que explicam os fatores que podem afetar nossa percepção do tempo entre eles tédio, impulsividade, emoções, desejos e até nossa própria idade. Analisando alguns fatores posso ver claramente como a IF influenciou minha percepção de tempo, se antes eu me encontrava extremamente entediado pela rotina de trabalho agora acordo ansioso pelas novidade que estão por vir ao longo de um novo dia. Impulsividade nunca foi uma característica minha, mas indivíduos impulsivos tem grande dificuldade em adiar gratificações e querem tudo para agora, no meu caso como eu soube adiar minha gratificação para depois da IF o tempo obviamente passava lentamente enquanto eu ansiosamente esperava pelo momento de poder colher minha recompensa. Acho que para os leitores mais antigos estava claro que antes da IF eu me encontrava com sintomas óbvios de depressão e uma pessoa deprimida tem enormes dificuldades em se divertir na vida, todos nós sabemos que quando estamos nos divertindo o tempo voa e ver que o tempo está voando é um claro sinal de que passei a viver uma vida bem mais prazeirosa. Porém com certeza a minha ansiedade pela chegada da IF foi obviamente o fator que mais contribuiu para que o tempo literalmente parasse antes do sonhado dia em que deixaria meu emprego, igual a uma criança a espera do natal eu contava os segundos para a chegada da data tão esperada.


   Ver que o tempo passou a voar é um claro sinal que passei a trilhar o cominho certo, se ainda não consigo ter a certeza de que os planos de IF darão certo a longo prazo, pelo menos já posso dizer que a direção a ser tomada é realmente essa… passei finalmente a curtir a paisagem e me preocupar menos em chegar ao destino!


Sr.IF

Comentários