Como ficar rico...

   Como todo viciado em YouTube acabo passando horas e horas assistindo vídeos dos mais variados assuntos, desde coisas inúteis do tipo um cara usando uma prensa industrial para esmagar um bola de boliche até os vários videos sobre finanças dos diversos canais que acompanho. Passei os últimos 5 meses fora do país e por isso as propagandas em insistiam em interromper os videos eram todas de produtos e serviços dos locais em que me encontrava naquele momento, a plataforma aprende não só oque você gosta de assistir mas também sabe exatamente em qual local do globo você se encontra (coisa digna de Black Mirror). No geral essas propagandas (que por sinal aparecem com mais frequência a cada dia que passa) se resumiam a linha de óculos escuros quando eu me encontrava na austrália e serviços de entrega de comida quando voltei para Bali. Mas ao retornar ao nosso querido Brasil fiquei absolutamente abismado com o tipo de propaganda que me passou a ser apresentada, dia após dia o YouTube insiste que eu devo ficar milionário da noite para o dia e melhor ainda, sem ter que trabalhar! Como eu fui burro, me matei em um emprego que odiava por mais de duas décadas sendo que bastava eu ter agarrado a “oportunidade de uma vida” apresentada pelas mais diversos propagandas que inundam o YouTube brasileiro.





   Agora que a moda do Bitcoin deu uma esfriada aparentemente os investimentos em bolsa entraram na mira dos gurus financeiros, de forma nenhuma estou criticando o investimento em renda variável porém da forma que está sendo apresentado chega a ser criminoso, são anúncios dignos da época da camera Tecpix. Nós aqui na blogosfera de finanças sempre tomamos o maior cuidado em não fornecer qualquer tipo de recomendação de investimentos não só pela responsabilidade moral que temos mas também porque ninguém aqui é habilitado legalmente para tal. Porem parece que ser devidamente habilitado para prestar consultoria financeira virou carta branca para anunciar oque quiser na internet. Diariamente centenas de pessoas são bombardeadas com anúncios do tipo “essa é a oportunidade de uma vida”, “viva de trade”, “dobre seu patrimônio”, etc… tudo sempre regado à letras minúsculas bem no cantinho da tela dizendo “ganhos passados não garantia de rendimentos futuros”, “nunca invista recursos destinados a despesas imediatas ou de emergência”, etc...provavelmente tudo dentro da lei, mas que beira o mau-caratismo isso beira. Resumindo legal mas imoral, igual ao título do meu post que te trouxe até aqui.








Sr.IF