De volta ao Brasil, de novo...

   O Sr.IF retornou à terras tupiniquins, é com um clima de deja vu que estou escrevendo esse post já instalado na casa dos meus pais no interior de SP. Assim como no começo da IF quando deixei meu emprego em meados de janeiro, acabei ficando meio sem ter para onde ir e então decidi voltar ao Brasil aproveitando que a casa dos meus pais estava vazia enquanto eles moram em Portugal. Chegou a hora de repensar os planos para o futuro e começar a batalha burocrática para trazer a Srta.IF em definitivo para o Brasil antes de entrar com o pedido de visto para Portugal. Enfim… rodei, rodei e rodei mas acabei novamente voltando ao Brasil. Me recuso a “tampar o sol com a peneira” e vou dizer logo, estou bem decepcionado com o fracasso do meu plano de morar em Bali, digam o que quiserem mas foi sim um fracasso e agora arcarei com os prejuízos do meu erro.





   As últimas duas semanas em Bali tiveram mais um ar de férias do que qualquer outra coisa, meus pais vieram nos visitar e por isso eu e a Srta.IF assumimos o papel de guias turísticos, e como é difícil vender o peixe de um lugar que você aprendeu a meio que odiar! Por mais que eu tentasse esconder minha insatisfação com toda aquela bagunça, sujeira e caos que é Bali ainda sim teve hora que me peguei esbravejando no meio do trânsito caótico da ilha. Mesmo assim acho que cumprimos bem a missão e meus pais voltaram para Portugal felizes com a experiência, eles passaram duas semanas na ilha e curtiram bastante a experiência exótica. Fizemos de tudo um pouco, visitamos templos magnificos, jantares deliciosos e relaxamos na praia para ver o por do sol…. na verdade até fizemos a extravagancia de “jantar” em um restaurante que apareceu na séria da Netflix Chef’s Table onde serve-se somente sobremesa, já tínhamos assistido ao episódio 4 da quarta temporada e antes mesmo dos meus pais chegaram à Bali eu fiz uma reserva no restaurante Room4dessert, foi uma experiência fantástica e saí de lá super satisfeito. Resumindo, dinheiro bem gasto!




   Conforme antecipei em um post anterior 16 de junho foi um dia estranho, deixamos o Air Bnb na cidade de Ubud em direção ao aeroporto já com um clima de “final de festa”. Apesar de estar aliviado pelo fato de que o “pesadelo Bali” estava acabando ainda sim eu senti um nó na garganta ao ver cada um de nós embarcando para um lugar diferente, a Srta.IF voltou para Jacarta, meus pais para Portugal e eu para o Brasil. Foi realmente esquisito… mas a promessa de nos reencontrarmos em breve ajudou a amenizar o clima de tristeza.


   A jornada para o Brasil levou 35 horas contando com uma escala de 8 horas em Dubai, eita lugar longe essa Indonésia! Dessa vez vim de classe econômica e “aproveitando” tudo que ela oferece… criança chorando, falta de espaço, poltrona desconfortável e fila para usar o banheiro. Tudo bem diferente de quando eu ainda podia contar com a facilidade de voar como funcionário da empresa na classe executiva. Cheguei ao Brasil destruído  e pronto para encarar mais algumas horas de Uber até a minha cidade, ao chegar na casa vazia tudo que consegui fazer foi tomar meu primeiro banho em dois dias e depois cair na cama para finalmente dormir na horizontal.


   Obviamente minha velha companheira de profissão me acordou no meio da noite, eram 3 da madruga quando a jet lag atacou e eu não consegui mais fechar os olhos, vai levar pelo menos uma semana até eu me adaptar ao fuso horário do Brasil. Aproveitei para começar a colocar a vida em dia, estou cheio de coisas para fazer desde lavar roupa até ir ao cartório em busca de informações de como consigo legalizar a situação da Srta.IF no Brasil. Mas enquanto o dia não amanhece escrevo esse pequeno post de abertura do novo capítulo da minha vida… espero que esse tenha um final mais feliz que o anterior!rs


Sr.IF

Comentários