Minha introversão e FIRE…

   Antes de começar o post gostaria de deixar duas definições relacionadas ao que irei falar mais adiante:

   Introversão, como todo bom introvertido que sou considero que a melhor definição para esse traço de personalidade é que esse tipo de pessoa tem suas energias drenadas ao interagir com outras pessoas, enquanto que o extrovertido tem suas energias recarregadas quando está cercado por outros indivíduos. Ainda sim é preciso separa bem o que é timidez de introversão, pessoas introvertidas como eu não necessariamente odeiam ou mesmo temem eventos sociais e atividades em grupo, nós apenas nos sentimos exaustos ao final de um “dia sociável”.

   FIRE, para os que estão chegando agora essa é a sigla em inglês para "Financial Independence Retire Early" ou como eu gosto de traduzir "Independência Financeira e Aposentadoria Antecipada". Se você está lendo esse blog provavelmente sonha em um dia ser financeiramente livre e poder parar de trabalhar apenas por dinheiro para então dedicar-se às coisas que realmente importam para você, isso é ser FIRE.


   Ainda me chama a atenção o número de pessoas que são introvertidas e que ao mesmo tempo sonham com FIRE, seja lendo posts de blogs no Brasil e no exterior ou entrevistando gente para o podcast a impressão que fica é que de certa forma a maioria dessas pessoas são introvertidas. Isso até soa estranho uma vez que todas a vezes que imaginamos alguém de sucesso a primeira coisa que nos vem à cabeça é aquela pessoa extrovertida, falastrona e bem relacionada… porém mesmo no meu círculo de amizades os mais extrovertidos são sempre os mais distantes da independência financeira uma vez que são eles os mais gastadores ou simplesmente não sonham em um dia poder largar o emprego e ir viver a vida, no final das contas eu prefiro não julgar mas apenas tentar entender um pouco da relação entre introversão e FIRE.




   No meu caso em específico eu sou extremamente introvertido, basta um dia apenas de intenso convívio social para que eu me sinta acabado. Também posso dizer que sempre fui um pouco tímido mas conforme a idade foi chegando a timidez diminuiu muito, porém o mesmo não aconteceu com a minha introversão e sinto que conforme o tempo passa cada vez eu me sinto melhor ficando mais tempo sozinho. Não acho que irei chegar ao ponto de me tornar um eremita vivendo em uma caverna nas montanhas, na verdade até sinto a necessidade de socializar pelo menos uma vez por semana. Mas como isso tudo está relacionado com FIRE?


   Me lembro que ao longo da minha carreira uma das coisas que eu mais odiava era quando saía curso na escala, além de passar alguns dias em sala de aula eu me via obrigado a socializar de forma intensa com os colegas de trabalho e ao final do dia eu nunca chegue à conclusão se estava exausto por causa das aulas maçantes ou do convívio forçado com as pessoas. Outro exemplo é ter que fazer aquela média com os superiores, não estou me referindo a puxar o saco mais sim apenas ser agradável durante o período que passamos juntos, isso obviamente requer muita conversa furada e paciência para ouvir a outra pessoa. Quando eu ainda era co-piloto me via obrigado a passar 5 a 6 dias dividindo o cockpit com um comandante que muitas vezes não era necessariamente a pessoa mais agradável do mundo, felizmente eu já peguei a época em que tripulantes não mais dividiam acomodação mas mesmo assim a convivência forçada me incomodava bastante. O pior é que de alguma forma eu ainda conseguia ir levando a situação de tal forma que ao final do dia ainda rolava um convite para ir jantar ou tomar umas no bar da esquina.


   Uma pequena parte da minha carreira também foi gasta trabalhando em escritório e foi aí que eu senti como é ruim ser introvertido nesse tipo de ambiente fechado... reuniões, almoços, happy hour, etc. Ou você participa desse eventos ou é praticamente o excluído do grupo. Foram poucos anos trabalhando entre as quatro paredes de um escritório mas mesmo assim já foi o suficiente para eu descobrir que aquilo lá não era para mim.


   Mas essa introversão toda que descrevi acima de alguma forma me impulsionou em direção à independência financeira e aposentadoria antecipada, por anos eu sonhei com o dia em que eu não teria mais que lidar com qualquer tipo de convivência forçada. Hoje me vejo livre de participar de qualquer tipo de evento social que não me agrade, seja pelo tipo de pessoas que estarão lá ou simplesmente porque naquele dia em especifico eu prefira ficar em casa, basta eu decidir que não vou e pronto. Mais uma vez não estou dizendo que sou um eremita e que se dependesse de mim eu seria o único habitante do planeta terra, por mais que essas ideias me agradem(rs) sei que não seria feliz em completo isolamento. Apesar de todo o tempo livre que tenho em mãos atualmente eu doso bastante meu convido social e acabo participando de talvez um evento por semana com os amigos e algumas festas esporádicas com a família. Quando me lembro da rotina forçada de treinamentos, reuniões e interações com os meus superiores eu respiro aliviado em saber que hoje tudo isso ficou no passado e meu convívio social se resume à interações verdadeiramente prazeirosas e não mais aquelas forçadas por conta do trabalho. Posso dizer que sou um introvertido feliz, tudo isso graças à FIRE.


   Sr.IF