Minha única meta para 2020…


   No início do passado criei a meta boba de atingir a marca patrimonial de 1 milhão de dólares, na época foi apenas uma brincadeira mas que foi concluída logo no primeiro mês de 2019. Depois disso foram várias altos e baixos onde no fundo do poço meu patrimônio chegou a valer 979 mil dólares e finalmente acabei fechando o ano de 2019 com chave de ouro na máxima de US$1.126.312,52… mas como disse foi uma meta absolutamente boba tendo em vista que 88% do meu patrimônio encontra-se no Brasil e consequentemente em reais, de nada adianta eu me gabar por ter atingido status de “milionário americano” se na verdade minha riqueza é toda em moeda fraca.



   Com os altos ganhos no mercado brasileiro fica fácil colocar a cabeça no travesseiro e dormir bem a noite, mas não faz muito tempo que me via dormindo com dificuldade por conta do possível retorno do PT ao poder. Foram inúmeras noites mal dormidas até sair o resultado das eleições, lembro que na época já tinha até decidido não deixar meu emprego caso o resultado final das eleições fosse desastroso. Apesar de uma certa decepção com o governo atual ainda sim não dá para negar que o Brasil pelo menos ruma em uma direção mais positiva mesmo o destino final ainda ser incerto, por conta disso eu continuo apostando no país e espero colher os frutos dessa recuperação econômica em um futuro não tão distante. Mesmo assim não quero perder de vista a fragilidade que a grande concentração em moeda fraca impõe aos meus planos de viver de renda, justamente por isso a minha única meta para 2020 será abandonar de vez novos investimentos no Brasil.

   Tudo que já foi investido até hoje será mantido por aqui com a esperança de que o país realmente tenha voltado aos trilhos, porém começando já em janeiro nenhum centavo será reinvestido no Brasil e todo dinheiro que sobrar irá cruzar nossas fronteiras em busca de diversificação. Em um primeiro momento deixarei tudo em dinheiro ou bonds (estou desconfortável para investir em qualquer tipo de ativo de renda variável), isso irá não só criar um bom colchão que auxiliará minha mudança para Portugal como também criará uma bela reserva de oportunidade para caso a tal crise financeira mundial venha a acontecer.

   Como esse movimento será extremamente lento frente ao valor que possuo no Brasil já me darei por satisfeito se conseguir reduzir minha exposição ao mercado nacional para casa dos 80%, só me vejo ultrapassando essa meta caso consiga vender meu imóvel e aí sim transferir um volume bem maior para o exterior. Por enquanto quem continuar acompanhando os fechamentos mensais apenas irá notar que deixarei de comprar FIIs e ações para mandar tudo para fora, isso não quer dizer que abandonarei a minha regra de reinvestimentos para compensar a inflação… tudo continuará sendo contabilizado direitinho e subtraindo do renda mensal, a única diferença é que o dinheiro será mandado para fora aguardando um momento mais propício para ser investido.


   Sr.IF

Comentários

  1. Interessante, como você pretende comprar bonds? Via algum ETF?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já invisto em bonds através do ETF americano de código VGSH... utilizo a corretora DriveWealth mas recomendaria que vc olhasse a Interactive Brokers.

      Excluir
    2. Ah legal, hoje tenho a DriveWealth tbm Cam duas empresas e estava pensando em ter uma reserva de oportunidade mas tive dúvida de como fazer.. vou avaliar este ETF.. muito obrigado pelas sugestões...

      Excluir

Postar um comentário