3 regras básicas para enfrentar a crise financeira do Corona Vírus...

   Hoje vou compartilhar com vocês as três regras básicas que estou utilizando para enfrentar o momento de crise pelo qual estamos passando, depois de ver meu patrimônio encolhendo quase 20% ou o equivalente a quase um milhão de reais desde o começo do ano me vi obrigado a parar e refletir sobre a situação. Longe de querer adivinhar o futuro ou fazer previsões, essa reflexão me levou a criar 3 regras básicas que já estou seguindo para conseguir enfrentar a tal crise financeira do Corona Vírus (mesmo sabendo que o problema não se resume simplesmente a pandemia que pegou a mundo de calças curtas).





   Para alguns o momento pode ser a oportunidade de uma vida enquanto que para outros é o fim do capitalismo, entre esse dois extremos estão pessoas como o Sr.IF que se darão por satisfeitas caso consigam simplesmente salvar sua independência financeira da maior crise financeira da história da humanidade. Acredito que seguindo essas 3 regrinhas de ouro seja possível sim atravessar a tormenta minimizando ao máximo os danos financeiros, e quem sabe até não saia do outro lado com o patrimônio mais robusto e fortalecido?





  • Regra #1: Não vou vender.
   Acredito que assim como eu todo mundo que está lendo esse post já esteja no prejuízo, obviamente alguns ativos se salvaram desse banho de sangue mas a carteira no geral com certeza está no vermelho. Por conta disso alguns viram seu patrimônio encolher 20%, 50%, 80%... e sentir-se frustrado, desanimado e derrotado é mais que normal. Afinal foram anos de esforços para poupar e investir evaporando em questão de dias! Eu mesmo tenho me sentido assim e como disse está tudo bem ter esse tipo de reação, porém o que não é permitido é deixar o pânico tomar conta e sair vendendo tudo desenfreadamente! Se você descobriu agora que sua alocação em renda variável não condiz com sua tolerância ao risco meus parabéns, essa talvez seja a lição mais importante que um investidor pode aprender. Mas agora simplesmente não é a hora de sair do jogo... ou pelo menos é isso que irei fazer, já descobri que preciso sim criar um estratégia de rebalanceamento de longo prazo porém fazer isso no meio da tempestade e influenciado pelas distorções que o mercado está passando seria perda de tempo. Quando me refiro a distorções estou enfatizando que não faz o menor sentido um FII de shopping cair 70% em um único dia por conta que o estabelecimento ficará fechado por algumas semanas sendo que o imóvel continua lá, os contratos de aluguel continuam assinados, os negócio continuarão no mesmo lugar quando as portas forem reabertas, etc... faz sentido uma queda desse tamanho? Realizar qualquer rebalanceamento influenciado por distorções desse tipo traria mais problemas do que soluções. Resumindo, agora não é a hora de vender nada!





  • Regra #2: Não vou comprar.
   Como disse agora pouco para alguns o momento pode parecer a oportunidade de uma vida, enquanto que para outros é o fim do capitalismo, talvez um desses lados esteja certo e no meio da tormenta fica impossível saber o que se esconde atrás dela. Fazer qualquer tipo de aposta nesse momento seria pura loteria! Então sair comprando tudo adoidado com dinheiro da reserva de emergência ou mesmo de um empréstimo apenas porque o Warren Buffett sempre disse para "comprar ações ao som dos canhões..." é uma péssima ideia! Lembra do Bitcoin? Pessoas usaram dinheiro que tinham e dinheiro que não tinham para aproveitar aquela oportunidade única, olha o resultado... esse pode ser sim um momento de oportunidade, mas você realmente quer colocar sua família em uma posição totalmente dependente de uma aposta? Acha que é boa ideia queimar meses de tranquilidade (para aqueles que possuem uma reserva de emergência) com o objetivo de aproveitar a promoção que o mercado está oferecendo? Volto a repetir, esse não é o momento de comprar... principalmente não é o momento de comprar com dinheiro que você não tem. Eu negligenciei meu portfólio aqui no Brasil e fui pego de calças curtas por essa crise, para comprar qualquer ativo que talvez esteja em promoção teria que vender algum outro ativo, quando essa tentação aparece em minha mente eu releio a regra #1. Então o Sr.IF ficará de fora dessa que talvez seja a maior oportunidade do século, e farei isso de bom grado para manter minhas reservas saudáveis e que irão me permitir continuar vivendo de forma tranquila mesmo que todos os ativos decidam suspender os pagamentos de dividendos por alguns anos.





  • Regra #3: Faça conforme o planejado.
  Lembra que para toda regra existe uma excessão? Pois é a excessão para as duas primeiras regras é justamente essa regra aqui. Imagino que você tenha seu plano de investimentos e não seja aquela pessoa que simplesmente faz aportes mensais em ativos aleatórios nos final do mês (acredite, eu ja fui assim!rs Sobrava dinheiro no fim do mês e eu jogava em qualquer fundo que meu banco disponibilizada). Enfim, com crise ou sem crise você deve sempre seguir seu plano, e por conta disso se seus planos contemplam comprar ou vender ativos esse momento é igual a qualquer outro, e por isso é sim hora de vender e hora de comprar. Veja o meu caso, no início do ano tracei um plano de criar um independência financeira no exterior, ficar muito dependente da renda obtida no Brasil é o meu grande calcanhar de Aquiles quando o assunto é morar fora do país, por isso meu plano contempla reinvestir tudo que sobrar da renda obtida no Brasil lá fora. Continuo seguindo meu plano com o dólar a R4,80... R$4,90... R$5,00... R$5,10... etc... Se por um lado a crise não me ajuda com o câmbio talvez esteja ganhando lá na frente se o dólar disparar mais ainda ou então por estar utilizando o dinheiro para comprar ativos lá fora em promoção. Outro exemplo é que estou vendendo toda a minha renda fixa que estava alocada em títulos do governo americano para comprar ETFs da bolsa americana. Mais uma vez isso já fazia parte do meu planejamento e acredito que ter segurado esses títulos até a maior crise da história estourar irá me trazer bons resultados nos futuro. Então se você já tinha uma reserva de oportunidade e acha que estamos em um bom momento para adquirir ativos boas compras! Já se você não planejava comprar nada e se sente na obrigação de comprar só porque está "barato" sugiro nem abrir o Home Broker para não cair em tentação. Com crise ou sem crise tudo deve seguir conforme o planejado!





   Acredito que respeitando essas 3 regras de ouro conseguirei enfrentar esse momento de forma mais racional e até mais serena. Sei que cada um adotou sua própria estratégia para superar essa enorme pedra que foi colocada em nossos caminhos, mas fica aqui minha contribuição e espero que sirva de inspiração para quem ainda está perdido no meio da tempestade.


Sr.IF



Comentários

  1. Boa Sr. IF. Sem perder a cabeça, é como dizem, nessa crise irão ter mais falidos que mortos.
    Claro que não perdi um valor grande como o seu que ouvi no excelente podcast que você fez. Mas o que perdi é considerável para eu, são meses de aporte. É minha primeira crise, estou bem tranquilo, sério, e aportando ao máximo nessa queda cada real que aparece. Acredito que quando passar tudo isso, vá dá um salto legal na carteira. Fiz um post agora sobre férias coletivas e o que perdi até o momento, agradeço se der uma passadinha lá no meu blog. Racionalidade e muito paciência. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já passei por lá e aproveitei para adicionar seu blog no blogroll. Como disse o momento nos exige conter a ganancia e não arriscar a reserva de emergência nessa "promoção" parente que o mercado está oferecendo. Quem não fizer isso pode passar aperto nos próximos meses...

      Excluir
  2. Excelente Post! Endosso o grupo dos que não irão vender, afinal me coloco na posição de sócio para 10...20 anos...por mais complicado que seja ver no meu caso 20% do patrimonio deteriorado, sigo utilizando este tempo para levantar mais capital e auto-conhecimento para os futuros aportes, entretanto a reflexão nos últimos dias foi que minha carteira não está resiliente o suficiente para grandes crises, me fez perceber que a minha carteira não está descorrelacionada o suficiente entre as classes de ativos, to aqui na quarentena fazendo um intensivo nos livros do Ray Dalio para blindar melhor meus investimentos neste bear market.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente está quase impossível montar uma carteira não correlacionada... absolutamente tudo caiu, menos dinheiro. Como sempre Ccash is King"!rs

      Excluir
  3. Coronavirus, Hitler, bomba atomica, Guerras Mundiais, Guerra Fria, etc... tudo isso sempre é e foi uma desculpa para causar recessão no mundo. O Sistema repete sempre as suas mesmas táticas. ISSO NÃO MUDA!


    Nessas épocas de falsas epidemias, falsas crises e falsas guerras é sempre a mesma coisa:
    Corta-se os juros, povo tem menos dinheiro, menos empregos, menos recursos, etc.
    Isso não está acontecendo exatamente AGORA?

    A "Epidemia" Coronavrius é a recriação do período das "Guerras" Mundias, Grande Depressão, Gripe Espanhola.

    Quem é investidor, tem que aprender isso.
    Todas as "Crises" são fabricadas para causar recessão e acontecem sempre nas mesmas datas e períodos!

    Números econômicos são falsos. A Historia é Falsa. É tudo roteirizado.
    O próprio Mercado Financeiro é falso. Mas apesar de tudo ser roteirizado, vc até pode continuar investido... mas sempre percebendo quando virá a próxima "Crise"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A História inteira é falsa? A pandemia atual é falsa? Está tudo roteirizado e acontece sempre nas mesmas datas? Preciso encontrar esse roteiro, então, para saber certinho sempre quando comprar e quando vender. O tal roteiro deve estar guardado num baú de um castelo medieval na Transilvânia. É cada uma...

      SrIF, é isso mesmo, manter a calma e seguir o plano. Eu tenho uma pequena reserva que posso usar para um momento como este, mas ainda vou esperar mais algum tempo para ter alguma ideia de qual a direção do navio. Posso perder a oportunidade? Posso. Não posso é perder dinheiro.

      Quanto à queda no preço dos ativos, essa não me preocupa. Os ativos estão lá. Por enquanto, só o preço mudou.

      Excluir
    2. Não duvido que existam forças obscuras enormes tentando controlar o mundo para atingir os próprios interesses. Mas essa epidemia aparentemente surgiu espontaneamente e não como um plano de dominação global... mas em se tratado de humanidade tudo é possível. Prefiro não dizer que sim e nem dizer que não.

      Excluir
    3. Isso que eu falei não é "Teoria da Conspiração".

      É que é algo muito dificil para a maioria das pessoas entenderem, pois teriam que negar suas crenças atuais.
      Quem quiser entender leiam mias sobre Guerras Psicológicas, Operações Psicológicas, Conquista de Corações e Mentes.


      Fantasias, Ficções e Ilusões são usados para governar pessoas desde sempre.

      Eu mesmo não estou nem ai para o Coronavírus, porque sei que é uma fantasia organizada para causar recessão e posteriotmente atualizar as coisas..

      Excluir
  4. Olá!

    Gostei das Regras. A única exceção à regra das compras, na minha opinião, é comprar índice. Não tem como falir o índice nem nada do tipo. De repente seria uma boa, porém como estou sem reserva de oportunidade, não vou movimentar nada enquanto tiver essa loucura, só o aporte mensal normal mesmo, em índice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente tem que tomar muito cuidado com oq irá comprar... a coisa está tão feia que nem falir o índice me parece mais impossível!

      Excluir
  5. É legal ver seus posts como forma de aprendizado para quem quer atingir a IF no futuro.
    Crises financeiras são inevitáveis, então ver textos como esse permite entender um pouco como vai ser no futuro, quando adquirir a IF.
    Parabéns pelo post.
    Uma dúvida: Não seria interessante continuar aportando com a sua renda passiva que sobra no final do mês? Acredito que continuar os aportes com o dinheiro que sobra é algo positivo - se comprar ativos bons, é claro.
    Abraço e boa sorte!
    I.An
    www.investidorantifragil.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A renda que sobra está sendo mandada para fora, mesmo isso não sendo considerado investimento ainda sim está em moeda forte e no momento irá complementar minha reserva de emergencia, quem sabe quando as coisas normalizarem eu use parte dessa reserva para investir lá forma mesmo.

      Excluir
  6. É ótimo seguir regras mesmo. O emocional tende a surgir nos momentos de crise. Aí tendemos a fazer merda.
    Com relação a Regra #2, imagino que você fale mais em "Não comprar usando o dinheiro da reserva de emergência". Eu por exemplo tenho umas migalhas em caixa, e estou usando para comprar algumas coisas. Mas num ritmo bem pequeno, pois sei que a crise irá durar muito. E não ouso tentar acertar qual será o fim dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou investindo bem aos pouco, no geral compro cada vez que o mercado cai mais 10%...

      Excluir
  7. Eu demorei mas vendi boa parte do que tinha de renda variavel, comprei fundos indexados em ouro e reduzi a perda para 9% (sem contar o ganho de outras aplicacoes que nao mexi, como TD e fundos DI).

    Desculpe mas nao acredito na sua regra 1. Nao precisa especular todo dia mas em certos momentos, tem que pular fora mesmo. De tempos em tempos, alguma crise acontece e consome seu patrimonio. Fazer buy and hold ou viver de dividendos nao é sustentavel no mundo real.

    Se vc nao sair antes do pior acontece algo assim:

    Vc tem 100, o mercado cai pra 50% vc fica com 50. O mercado volta? Sim, 60%! e vc tem agora ... meros 80.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que minha boa de cristal não está funcionando direito assim como a bola de cristal da maioria absoluta das pessoas que investem. Acredito que se todo mundo soubesse que o cenário fosse esse teria pulado fora. Não estou questionando sua decisão ou habilidades, mas te convido a compartilhar com a gente o ponto em que você vendeu tudo e qual a sua previsão de compra para que no futuro possamos debater o assunto novamente. Infelizmente para a pessoa comum entrar e sair do mercado representa vender nas crises e comprar no topo, isso sim é danoso ao patrimônio. O mercado até hoje quando voltou superou e muito as perdas, a direção sempre foi para cima... se daqui pra frente a direção for só para baixo dificilmente qualquer que seja a estratégia alguém irá ganhar dinheiro, só os especuladores.

      Excluir
    2. é de se esperar que o mercado volte, eu tambem vou voltar a comprar açoes. Nao tenho a pretensao de prever o momento exato - e nem precisa - mas a queda foi tao forte que a recuperaçao é inevitável. Mesmo chegando atrasado, será possivel ganhar 20-30% até o proximo ano partindo de hoje (esse ano nao sei).

      Nesse cenario, eu travei minha perda em 9% e se conseguir 30% até o ano que vem vao ser 19% em dois anos, que num cenario de inflaçao anual de 4%, dá razoáveis 5% reais ao ano (4% descontado o IR). No mesmo cenario, quem iniciou com 100 indexado na Ibovespa, vai terminar com um prejuizo de 35%.

      É um plano, estou aprendendo, e nao arrisco mais de 20% do meus investimentos nesse cassino. Daqui dois anos volto aqui nesse post e veriifco.

      Excluir
    3. Legal, é sempre bom aprender com a experiencia dos outros. Meu patrimônio por enquanto fica onde está, pequei por não fazer o rebalanceamento em época de alta e agora não é hora de arriscar nada. Outro ponto é que não posso me dar ao luxo de sair por algum tempo do mercado pois dependo da renda passiva que recebo mensalmente. Enquanto ela for suficiente para viver esse sobe e desce da bolsa não me afeta em nada.

      Excluir
  8. em tempo: eu nao vendi tudo, nem tudo ao mesmo tempo. Eu aumentei minha posicao em ouro no inicio do ano. Nao tinha considerado o efeito do virus, mas já tinha a certeza que as bolsas estavam hipervalorizadas (algo amplamente comentado no ano passado). Eu tinha muita açao do uber, ganhei muito com isso em 2019, e vendi tarde, foi minha maior perda. Nao sou genio, só prefiro cometer meus proprios erros a seguir os outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que seguir seus próprios planos sim, por isso que aqui no blog eu prefiro sempre dizer oq eu estou fazendo dq oq os leitores deveriam fazer... a excessão é oq eu disse ai no post, não pode vender em pânico!rs

      Excluir
  9. regras apoiadas Sr.IF365! Prazer em estrear em seus posts com comentários! Era anônimo até então! Resolvi criar um blog para registrar minha jornada (nada fácil) para a FIRE! Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Show, quando estiver pronto manda o link pra gente divulgar. Sucesso!

      Excluir
  10. Não concordo com a regra n.2 , pois a hora de comprar mesmo que aos poucos e justamente agora na hora do panico. Quem mais quem menos sofreu essas quedas desproporcionais mas uma carteira diversificada absorve esse impacto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A regra 3 contempla esse seu pensamento, se vc já tem uma estratégia de compra quando achar que estamos em um momento de pânico tem mais é que comprar mesmo. oq eu estou me referindo no post é que ninguém deve no meio desse caos tomar decisões de compra ou venda que não estavam previstas, as chances de dar merda são grandes.

      Excluir

Postar um comentário